07 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
assembleia respeito
PRISÃO

PF prende juiz federal por venda de sentenças em precatórios milionários

Uma das ações judiciais investigadas tratava de processo de desapropriação de imóveis rurais

30 junho 2020 - 14h58
A Polícia Federal prendeu nesta terça, 30, o juiz Leonardo Safi de Melo, da 21ª Vara Cível Federal
A Polícia Federal prendeu nesta terça, 30, o juiz Leonardo Safi de Melo, da 21ª Vara Cível Federal - (Foto: Reprodução)
comper

A Polícia Federal prendeu nesta terça, 30, o juiz Leonardo Safi de Melo, da 21ª Vara Cível Federal, sob acusação de participar de esquema de venda de sentenças em São Paulo. A investigação foi autorizada pelo Tribunal Regional da 3ª Região (TRF-3) e mirou recebimento de propinas ao magistrado e servidores públicos em troca de decisões favoráveis em casos de requisições de pagamento (precatórios).

Uma das ações judiciais investigadas tratava de processo de desapropriação de imóveis rurais. A organização criminosa teria solicitado vantagens indevidas para expedir um precatório no valor de R$ 700 milhões. O grupo criminoso cobraria então 1% do valor.

Além de um juiz federal, a PF cumpriu 20 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Mairiporã (SP) e Brasília. Outras cinco pessoas foram alvo de prisão temporária, autorizadas pelo TRF-3, que determinou o sequestro de bens dos investigados.

O grupo é investigado por organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção passiva e ativa, concussão e peculato.

GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você é a favor do veto do presidente Bolsonaro em relação ao uso obrigatório de máscaras respiratórias em locais como igrejas, comércio, escolas e presídios?

Votar
Resultados
COMPER Delivery (interna)