12 de dezembro de 2019 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
MORTE ENCOMENDADA

Mulher que encomendou morte do marido vai a julgamento

A ideia de matar o empresário partiu do funcionário da empresa dele, identificado como Pedro Jorge Braga Câncio Junior, suposto amante da mulher

2 dezembro 2019 - 16h40Da Redação
Atentado aconteceu em fevereiro deste ano
Atentado aconteceu em fevereiro deste ano - Foto: Dourados News

Valdirene Fiorentino da Silva, 35 anos, e mais seis pessoas vão a julgamento nesta terça-feira (3) por tentativa de homicídio contra o empresário José Pereira Barreto, 38 anos, ocorrida no dia 13 de fevereiro, em Dourados. Conforme apurado na época, a morte dele foi encomendada pela própria mulher, Valdirene. Entretanto, a vítima sobreviveu.

Segundo o site Dourados News, Barreto sofreu o atentado no cruzamento das ruas Cuiabá e Mato Grosso, região do Jardim Santo André. Os tiros atingiram a região do tórax da vítima, que seguia numa caminhonete GM S-10. O empresário perdeu o controle da direção e bateu contra um veículo Ford/Ka.

A vítima chegou a ser internada em uma unidade de saúde sob escolta policial, já que teve prisão preventiva decretada na época pelo porte de arma de calibre restrito após os policiais encontrarem uma pistola calibre 357 na casa dele. 

Entenda o caso

Ainda segundo o site Dourados News, a ideia de matar o empresário partiu do funcionário da empresa dele, identificado como Pedro Jorge Braga Câncio Junior, suposto amante de Valdirene. 

Ambos iniciaram então a trama para a morte de Barreto e com R$ 20 mil, procuraram três homens que se encarregaram de contratar duas pessoas para cometer o assassinato. Com o dinheiro, a dupla adquiriu a Honda Twister e um revólver 357, ambos usados na ação. 

As informações foram divulgadas pela Polícia Civil dois dias após o crime. O processo segue em segredo de Justiça. 

 

TJ MS Novembro