19 de abril de 2019 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
 Campanha Novos Rumos AL
DEFESA

Campo Grande terá treinamento de Krav Maga contra ameaça com arma de fogo

A Federação Sul Americana de Krav Maga vai ensinar as técnicas para que qualquer pessoa possa controlar suas emoções e agir de forma segura de modo a voltar bem para casa

6 abril 2019 - 16h30Da Redação
O Krav Maga prepara seus praticantes para terem discernimento sobre como reagir a uma ameaça com arma de fogo, situação extremamente delicada
O Krav Maga prepara seus praticantes para terem discernimento sobre como reagir a uma ameaça com arma de fogo, situação extremamente delicada - Foto: Ilustração

No próximo dia 7 de abril, Campo Grande vai conhecer as técnicas de Krav Maga (a defesa pessoal israelense) criadas contra as ameaças com arma de fogo. As técnicas servem tanto para pistolas, revólveres ou mesmo fuzis.

O objetivo da Federação Sul Americana de Krav Maga com esse treinamento é mostrar que é possível que qualquer pessoa possa controlar sua reação e agir de forma responsável e segura para se livrar desse tipo de ameaça e voltar vivo para casa.

O Krav Maga prepara seus praticantes para terem discernimento sobre como reagir a uma ameaça com arma de fogo, situação extremamente delicada. A ameaça real não está no agressor ou na arma, e sim no gatilho, que apenas com um curto movimento pode liberar o primeiro tiro. Dessa forma, a reação contra a arma de fogo deve ser bem calculada.

Ao chegar à conclusão que a única opção é reagir, o praticante de Krav Maga, a partir de um treinamento rigoroso e fornecido por profissionais habilitados adequadamente, saberá aguardar o momento mais adequado, quando o agressor desviar a atenção, para realizar o golpe de defesa. Os movimentos precisam ser extremamente rápidos e objetivos para neutralizar o agressor.

Segundo Grão Mestre Kobi Lichtenstein (faixa-preta – 8º Dan), o israelense que trouxe o Krav Maga para o Brasil esse tipo de situação pede que sejamos capazes de controlar as nossas reações. “Chorar é uma reação; correr é uma reação; se desesperar é uma reação. O Krav Maga te dá a condição, física e psicológica, para controlar a sua emoção em situações extremas e poder agir com total segurança, tendo como objetivo a sua vida”, afirma Grão Metre Kobi.

Ele reforça que tudo isso só é possível e recomendável a partir de treinamento adequado. “A Federação Sul Americana de Krav Maga recomenda que o praticante procure instrutores credenciados para esse tipo de treinamento, pois o que está em questão é a vida humana”, completa o israelense.

O evento em Campo Grande será realizado pelo Mestre Fred Carneiro, habilitado pela Federação Sul Americana de Krav Maga, no dia 7 de abril, às 8h30, no Centro de Krav Maga di Mato Grosso do Sul (Rua Rui Barbosa, 4430, Centro, Campo Grande). A participação é somente mediante à inscrição prévia: Telefone (67) 3253-4905; Whatsupp: (67) 98456-8197.

Sobre a Federação Sul Americana de Krav Maga - Trata-se da única representante oficial da modalidade no Brasil, México e Argentina e detentora da marca Krav Maga no Brasil. Em 2019, passa a contar também com base em Portugal.

Foi fundada e é dirigida pelo israelense Grão Mestre Kobi Lichtenstein (faixa-preta – 8º Dan), o introdutor do Krav Maga no Brasil. Grão Mestre Kobi iniciou seus treinamentos de Krav Maga em Israel, aos 3 anos de idade, com o criador da modalidade, Imi Lichtenfeld e foi o primeiro faixa-preta de Imi a sair do estado de Israel para difundir a modalidade pelo mundo, se estabelecendo no Brasil em 1990.

Ao longo destes anos, o Krav Maga Mestre Kobi vem realizando um trabalho extremamente sério e responsável na difusão da técnica. Ainda hoje, o método de prática e de ensino que aplica é o mesmo criado por Imi Lichtenfeld e utilizado em Israel. Para se ter uma ideia, ele realiza, pessoalmente, o exame de faixa de todos os seus alunos no Brasil, Argentina e México.

Camara.ms