20 de Fevereiro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
FETEMS
SESSÃO ORDINÁRIA

Vereadores aprovam criação do Dia Municipal de Conscientização da Fibrose Cística

A Fibrose Cística é causada por uma alteração no DNA que conduz o organismo a produzir secreções que obstruem pulmões e pâncreas

15 Fevereiro 2018 - 13h54Da redação
Data será lembrada no dia 5 de setembro
Data será lembrada no dia 5 de setembro - Ilustração

Aprovado, em segunda discussão e votação, nesta quinta-feira (15), o Projeto de Lei n° 8.713/17, de coautoria do vereador Dr Lívio, juntamente com o vereador André Salineiro, institui o dia 5 de setembro como o Dia Municipal de conscientização e divulgação da Fibrose Cística.

A adesão ao projeto surgiu após a visita ao gabinete da presidente da Associação Sul-Mato-Grossense de Fibrose Cística - ASMFC, Nelcila da Silva Masselink, em setembro de 2017.  Na ocasião, ela chamou a atenção para a gravidade da doença que ainda é pouca conhecida e a necessidade de um tratamento multidisciplinar do paciente, envolvendo, por exemplo, psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas. Dados da ASMFC revelam que hoje, em Mato Grosso do Sul, existem 42 casos confirmados da doença, sendo 12 em Campo Grande.

De acordo com os especialistas, a Fibrose Cística é causada por uma alteração no DNA que conduz o organismo a produzir secreções espessas que obstruem pulmões e pâncreas. A doença não é contagiosa e se manifesta basicamente com sintomas respiratórios, gastrointestinais e presença excessiva de cloro no suor, por isso popularmente conhecida como a “doença do beijo salgado”.

Com a instituição de um dia específico no Calendário Oficial de Eventos do Município, espera-se conscientizar mais a população, por meio de campanhas publicitárias, institucionais, seminários e alertar para a importância de um diagnóstico precoce, já que os sintomas podem ser confundidos com outras doenças como asma e pneumonia.

TJ MS - CORTESIA
SEGOV CORTESIA