12 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BANNER TCE - Prazos Processuais (10/08 a 13/08)
BELEZAS DO MS

Valorização da Cultura Pantaneira foi celebrada com semana de extensa atividade em Rio Verde de Mato

A 3ª edição da Semana Pantaneira aconteceu de 9 à 15 de novembro em Rio Verde MT.

18 novembro 2015 - 09h15Da redação com informações da assessoria
O evento têm buscado o resgate da tradição e tudo o que envolve o povo pantaneiro como seus costumes, suas danças, a culinária e a sua interação com as cidades periféricas do pantanal.
O evento têm buscado o resgate da tradição e tudo o que envolve o povo pantaneiro como seus costumes, suas danças, a culinária e a sua interação com as cidades periféricas do pantanal. - Victor Currales
FAMASUL - SENAR

O município de Rio Verde de Mato Grosso-MS, foi palco de uma das maiores manifestações da cultura pantaneira do estado na última semana (9 a 15), festa que pela terceira vez consecutiva na atual gestão, têm buscado o resgate da tradição e tudo o que envolve o povo pantaneiro como seus costumes, suas danças, a culinária e a sua interação com as cidades periféricas do pantanal.

Promovida pela prefeitura municipal de Rio Verde de Mato Grosso, por intermédio do Sistema Municipal de Cultura, o evento contou com o apoio da Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), da Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul (FCMS) e outros parceiros.

A festa contou com as presenças do Secretário de Estado Athayde Nery e a Superintendente de Economia Criativa da Sectei, Cláudia Medeiros, Nelson Cintra, da Fundtur (Fundação de Turismo), estiveram presentes durante todo o final de semana no município, acompanhando as programações prestigiando a exposição dos trabalhos de escolas, as apresentações da Escola de Música Cantos Tradicionais Regionais e os shows da cantora Delinha e da dupla Tostão e Guarany, Geraldo Espíndola e Marcelo Loureiro na Praça das Américas.

A Semana

Uma extensa e diversificada programação de atividades e apresentações que ocorreram em locais diferentes da cidade, como a apresentação do Ponto de Cultura Centro de Tradições Pantaneiras no Supermercado Econômico, nas agências bancárias da cidade, fazenda, e até na comunidade rural Colônia Paredes e outras dezenas de exibições.

Além disso, no encerramento do terceiro dia de programação da Semana Pantaneira, a Comunidade Kolping Frei Tomás realizou o tradicional jantar pantaneiro, “Cabeça de Boi Assada” com a receptividade das crianças da “Creche Menino Jesus”, e no sábado, o dia agitado começou com um delicioso almoço no Recinto do Clube do Laço em Rio Verde que paralelamente realizou uma das etapas do Circuito Estadual do Laço Comprido, esporte muito praticado pelos pantaneiros.

A extensa programação variou entre cantos pantaneiros, experimentação da gastronomia pantaneira, exposição, palestras, finalizando com grandes shows com artista do estado de renome nacional como Delinha, Tostão e Guarany, Geraldo Espíndola, Marcelo Loureiro, concurso de berrante, churrasco e inúmeras apresentações culturais.

Finalizando a semana na noite do sábado (15), além do grupo de dança do Instituto Mirim, houve a final do Festival Voz Pantaneira, a apresentação do Grupo Som do Pantanal, homenagem ao poeta Manoel de Barros e a poesia do artista popular de Rio Verde “Tirolei”. Fechando o encontro com chave de ouro, o show de enceramento de Geraldo Espíndola e Marcelo Loureiro fez a multidão cantar alto as letras de quem entende bem da cultura pantaneira.

O Prefeito de Rio Verde de Mato Grosso-MS, Mario Alberto Kruger (PT), um dos idealizadores do evento que está em seu terceiro ano consecutivo, prestigiou a festa desde o início, ficou satisfeito com o resultado do evento como um fomento à cultura e a economia socioeconômica do município.

“É desse tipo de evento que o município precisa, pois além de fomentar o comercio e o turismo local, fortalece uma das maiores riquezas culturais do estado que é o Homem Pantaneiro e suas tradições além de estarmos resgatando valores estimulamos também a geração de renda já que temos em Rio Verde, a fábrica de chapéus Karandá que hoje é marca nacional e muitas outras pequenas empresas que trabalham com artesanatos em couros fazem parte do cluster industrial que vem crescendo no município”. Disse o Prefeito Mario Kruger.

 

 

Banner Whatsapp Desktop
Cornavirus
agecom - fullbanner