25 de setembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
HVM - INCORPORACOES
INTERNACIONAL

Tempestade Florence provoca mortes e estragos nos EUA e enfraquece

15 setembro 2018 - 07h53

O furacão Florence chegou mortal aos Estados Unidos, com chuva fortes e sem tréguas e fortes ventos, e as ameaças ainda não acabaram para os estados da Carolina do Norte e do Sul. Algumas cidades dos dois estados receberam mais de 60 centímetros de chuva e os meteorologistas advertiram que mais chuvas, totalizando até 1 metro de água, podem ocorrer até o início da próxima semana, possivelmente provocando inundações. Ao menos quatro pessoas morreram até agora em decorrência do furacão e autoridades temem que esse número aumente à medida que a tempestade tropical avance para o oeste da Carolina do Sul neste no sábado.

O governador da Carolina do Norte, Roy Cooper, chamou Florence de um "brutamontes indesejado" que poderia acabar com comunidades inteiras enquanto atravessa o território do estado. "O fato é que Florence é mortal e sabemos que estamos a dias de distância de um fim", disse.

Com ventos de força de uma tempestade tropical e rodando a 560 quilômetros de largura, Florence continuou inundando áreas da Carolina do Norte e da Carolina do Sul na manhã deste sábado, depois de elevar a maré nas regiões costeiras. O furacão derrubou árvores, retorceu prédios, destruiu estradas e deixou quase 930 mil casas e empresas sem energia elétrica, número pode continuar subindo.

Florence chegou à categoria 4, com ventos superiores de 225 km/h, enquanto estava sobre o mar, mas aterrissou como um furacão de categoria 1 na região de Wrightsville Beach. Na manhã deste sábado, o vento estava enfraquecido, a 80 km/h, e se movia pela Carolina do Sul.
Fonte: Associated Press

PMCG - CORTESIA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já tem seus candidatos para as eleições de 2018?

Votar
Resultados
SOLURB
tj ms agosto