15 de Dezembro de 2017 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TRANSPARENCIA SEGOV - 13.12 ATÉ 21.12
CLÍNICAS NAS FARMÁCIAS

Sul-mato-grossenses aderem às clínicas em farmácias

Tendência trazida dos Estados Unidos passa a ser oferecida em 12 estabelecimentos farmacêuticos de quatro municípios de MS

7 Julho 2017 - 17h00Da Redação com Assessoria
Segundo a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), as clínicas em farmácias já estão presentes em todos os estados brasileiros
Segundo a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), as clínicas em farmácias já estão presentes em todos os estados brasileiros - Reprodução

Os sul-mato-grossenses estão descobrindo um novo serviço quando visitam as principais redes de farmácias do Estado. A exemplo do que ocorre em países como Canadá, Estados Unidos ou Inglaterra, a população vem se deparando com postos de atendimento e de orientações clínicas em salas dentro das próprias lojas.

Hoje, em 12 estabelecimentos farmacêuticos de quatro municípios é possível agendar serviços já regulamentados pela Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária e pela Lei n° 13.021/2014. Pode-se fazer uma revisão de medicamentos, ter acompanhamento do tratamento prescrito pelo médico, checar o nível do diabetes e hipertensão ou receber informações de como regular o nível do colesterol no sangue. E o que é melhor, todos os serviços com preços acessíveis à população.

“O objetivo dessa adaptação é ajudar as pessoas a controlarem melhor seus problemas de saúde e a fazer uso seguro de seus medicamentos, de maneira cômoda, rápida e acessível. Fica mais fácil cuidar da saúde quando você tem à disposição um farmacêutico clínico de confiança”, destaca a superintendente da Drogaria São Bento, Flávia Buainain, primeira rede a instalar consultórios farmacêuticos em Mato Grosso do Sul.

Segundo a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), as clínicas em farmácias já estão presentes em todos os estados brasileiros. Atualmente são mais de 600 salas de atendimento personalizado espalhadas por 160 municípios. O programa tem a adesão de 20 das maiores redes do varejo farmacêutico nacional e, até o fim do ano, as projeções indicam a existência de cerca de 800 clínicas do gênero no país.

“O serviço de assistência farmacêutica não substitui o médico, funciona como um elemento complementar para orientar e garantir maior adesão ao tratamento”, afirma Sérgio Mena Barreto, presidente executivo da Abrafarma. “Trata-se de uma iniciativa que pode mudar a face da saúde brasileira. O serviço tem tido boa receptividade da população e as drogarias têm na assistência farmacêutica a possibilidade de fidelizar clientes”, acrescenta.

Pesquisa do Ibope Inteligência indica que apenas 53% dos pacientes brasileiros não seguem corretamente os procedimentos indicados por seus médicos. O levantamento mostra ainda que 48% pedem ajuda do farmacêutico sobre a melhor forma de organizar a medicação prescrita e 22% não concluem o tratamento. Além disso, 20% dos entrevistados declararam possuir alguma doença crônica. A hipertensão e o diabetes são os males mais comuns, incidindo sobre 37% e 24% dos pacientes, respectivamente.

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

O assunto mais comentado recentemente foi o discurso do deputado federal Tiririca que disse deixar a vida pública, mas que não renunciou ao mandato e permanece até final de 2018. O que você achou?

Votar
Resultados
BANNER SANESUL - INSTITUCIONAL - de 26.10 ate 31.10
DENGUE CORTESIA
REFIS GOVERNO PRESENTE 2 - DE 16.11 ATE 22.11