05 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Conquistas PMCG
ABAIXO DA LINHA

Solstício de verão: 22 de dezembro é o dia mais longo do ano no Hemisfério Sul

No solstício de dezembro, em especial nas culturas romana e celta, se festejava o retorno do Sol.

22 dezembro 2015 - 15h39Agência Brasil
HVM

Esta terça-feira, 22 de dezembro, marca o início do verão no Hemisfério Sul e do inverno no Hemisfério Norte. O dia do início da estação é chamado de solstício de verão. Hoje é o dia mais longo do ano. 

A data é conhecida como solstício de verão para quem está abaixo da Linha do Equador e solstício de inverno para quem vive no Hemisfério Norte, quando a partir desta hora será inverno. 

A palavra solstício deriva do latim "sol" e "sístere", que se traduz como permanecer quieto. 

É o momento em que o Sol antinge a maior declinação em altitude, medida a partir da Linha do Equador. No solstício de dezembro, em especial nas culturas romana e celta, se festejava o retorno do Sol. 

Na América Latina, o solstício de verão é comemorado por diversas culturas. A data, que representa um marco no Calendário Maia, que gerou uma interpretação sobre o fim dos tempos que acabou muito difundida no ano de 2012, para as culturas originárias da região andino-amazônica representa um ciclo caracterizado pelo retorno ao equilíbrio e à relação harmônica com a natureza. 

No Peru, no meio do ano é celebrada a Festa do Sol do Império Inca, uma apoteótica celebração do mundo andino do Hemisfério Sul. O imperador Inca, os sacerdotes e o povo agradeciam o Sol, que, segundo a tradição, fecunda a terra com seu calor e marca o início da época de plantio. Na cerimônia se sacrificava uma lhama, animal típico dos Andes. 

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)
Cornavirus
agecom - fullbanner