05 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
assembleia respeito
AGRONEGÓCIO

Seminário discute resultados de pesquisas sobre safra de soja durante 53ª Expoagro

Um dos pontos abordados durante o ciclo de palestras foi o manejo de pragas e doenças na cultura da soja

12 maio 2017 - 14h10Da Redação
Fundação MS apresentou resultados de pesquisas durante 53ª Expoagro
Fundação MS apresentou resultados de pesquisas durante 53ª Expoagro - Divulgação

A Fundação MS apresentou, na manhã desta sexta-feira (12), os resultados de pesquisas relativas à safra de soja 2016/2017 para participantes da 53ª Expoagro, em Dourados. As palestras fizeram parte do Seminário de Apoio à Pesquisa Agrícola, realizado em parceria com o Sindicato Rural de Dourados. Foram feitos esclarecimentos sobre novas cultivares de soja, manejo de pragas e doenças, bem como estratégias para adubação, com base nos estudos realizados pelos pesquisadores ao longo do ciclo.

Os resultados são apresentados de acordo com a realidade de cada região, possibilitando que o produtor rural faça escolhas de materiais a serem utilizados conforme a necessidade. O foco das apresentações é levar aos participantes informações que poderão ser colocadas em prática durante o dia-a-dia.  

O presidente da Fundação MS, Luciano Mendes, explica que as apresentações representam uma oportunidade para a expansão de conhecimentos e troca de experiências entre produtores rurais e demais profissionais da área. “A ideia é levar resultados efetivos e que auxiliem os produtores na tomada de decisão. As ferramentas existem e o nosso objetivo é fornecer informações atualizadas”, observa.

Um dos pontos abordados durante o ciclo de palestras foi o manejo de pragas e doenças na cultura da soja. De acordo com o pesquisador de fitossanidade da Fundação MS, José Fernando Grigolli, é de extrema importância observar quais produtos utilizar, com a finalidade de evitar problemas na lavoura. “Uma recomendação sempre recorrente ao produtor do grão é monitorar constantemente o plantio”, destaca.

As pesquisas conduzidas pela entidade permitem detectar a possível ocorrência de pragas e doenças nas plantas. A partir do momento em que os focos são encontrados, as equipes de trabalho realizam testes de produtos para a eficiência de controle diante de cada situação.

Outros temas discutidos foram estratégias de adubação para o aumento de produtividade na cultura da soja, por meio de explicações do pesquisador Douglas Gitti; e, em outro momento, os participantes tiveram acesso a resultados de materiais de soja da safra 2016/2017, através de explanação do pesquisador André Ricardo Gomes Bezerra.