08 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
EXTERIOR

Saiba como trabalhar nos Estados Unidos

Advogada de imigração explica o passo a passo para trabalhar e morar legalmente nos EUA.

12 janeiro 2016 - 13h00Da redação com informações da assessoria
HVM

Seja para viajar ou trabalhar, os brasileiros tem se mostrado cada vez mais interessados em imigrar para os Estados Unidos em busca de novas oportunidades de trabalho e emprego. Para quem deseja entrar no país é preciso, porém, o visto americano que autoriza o visitante permanecer por um tempo determinado no país. Cada visto é concedido de acordo com a natureza da viagem e alguns, no caso do Green Card, permitem até mesmo que o visitante viva como um cidadão americano.

O tipo de visto mais solicitado é o visto de turista, que permite ao visitante conhecer o país numa viagem de férias, por exemplo. Mas, para quem deseja morar nos Estados Unidos, outros tipos de visto também podem ser solicitados. Segundo a advogada de imigração Ingrid Baracchini, quem entra com visto de turista não pode exercer nenhuma atividade remunerada no país. “Para trabalhar existem vistos específicos que serão concedidos de acordo com a necessidade do empregador”, explica Ingrid.

Para permanecer no país é necessário ter o Green Card. O cartão verde é concedido através de investimento (visto EB5), parentes americanos (cônjuge, filhos, pais ou irmãos) ou através de vistos de não-imigrantes de trabalho, que podem vir a ser requisitados pelo empregador, caso o trabalhador preencha os requisitos legais.Nesse último caso, um empregador que tenha empresa nos EUA deve enviar uma carta de solicitação/contratação do empregado para que ele tenha direito de trabalhar lá. 

Para quem deseja trabalhar nos EUA, Ingrid Baracchini elencou os tipos de autorização para trabalhadores estrangeiros:

*Vistos de trabalho: se você tem um amigo ou conhecido que trabalha nos Estados Unidos legalmente pode pedir que o seu contato negocie com o empregador a possibilidade dele te contratar também. Assim, você poderá ir com visto de trabalho para os Estados Unidos. A solicitação deve ser feita enquanto ainda estiver no Brasil e o mesmo deve ser aprovado pela imigração.

*Vistos para profissionais que se destacam em sua área: os EUA importam mão-de-obra qualificada ou com habilidade extraordinária (visto O ou P) para área de Ciências, Artes, Educação, Negócios ou Atletismo. Para esse visto é necessário ter um empregador como patrocinador (chamado de “sponsor”). “Os vistos de trabalho têm validade de 1 a 3 anos em média, mas é possível que seja pedida uma extensão caso o empregador queira continuar com o empregado”, explica Ingrid.

*Visto para áreas específicas: segundo a advogada, há a possibilidade de adquirir um visto de trabalho chamado de B1 e que é específico para visitantes de negócios, turismo ou empregados domésticos. Há também as opções dos vistos F-1 (estudantes acadêmicos e vocacionais) e visto H2B (trabalho temporário feito por agências que oferecem oportunidades em cruzeiros da Disney, hotéis, etc) ou o visto J1, que é para trainees ou programas de “aupair” (babá). 

 

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

62%
37%
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)
Cornavirus
agecom - fullbanner