12 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
RECURSOS

Representantes de MS se reúnem com ministro da Saúde e cobram liberação de recursos

O governador Reinaldo Azambuja, o deputado federal Mandetta (DEM/MS) participou ontem quarta-feira (9) de audiência com o ministro da Saúde, Marcelo Castro, para tratar de emendas para o estado.

10 dezembro 2015 - 16h10DA REDAÇÃO
Aproveitando a ocasião do encontro, Mandetta apresentou ao ministro Marcelo Castro o projeto Hospital-SPA do Pantanal a ser implantado no município de Guia Lopes da Laguna, no Mato Grosso do Sul.
Aproveitando a ocasião do encontro, Mandetta apresentou ao ministro Marcelo Castro o projeto Hospital-SPA do Pantanal a ser implantado no município de Guia Lopes da Laguna, no Mato Grosso do Sul. - Divulgação
FAMASUL - SENAR

Na companhia da bancada de Mato Grosso do Sul e do governador Reinaldo Azambuja, o deputado federal Mandetta (DEM/MS) participou ontem quarta-feira (9) de audiência com o ministro da Saúde, Marcelo Castro, para tratar de emendas para o estado.
Segundo o parlamentar, o encontro foi importante para cobrar um esforço do Ministério na liberação de recursos para a saúde do estado. “Fiz questão de cobrar a liberação de uma emenda minha no valor aproximado de R$ 4 milhões para o Hospital Regional de Campo Grande que atende a todo Mato Grosso do Sul. O ministro se comprometeu na agilidade em liberar os recursos”, anunciou.
Aproveitando a ocasião do encontro, Mandetta apresentou ao ministro Marcelo Castro o projeto Hospital-SPA do Pantanal a ser implantado no município de Guia Lopes da Laguna, no Mato Grosso do Sul.
“O projeto trata-se de uma parceria com o Japão com intuito de fortalecer a cooperação mutua entre os dois países. A implantação se espelha nos referenciais de excelência do Hospital Nipo-Brasileiro, em São Paulo, que integra as medicinas oriental e ocidental, o que ajudaria a promover o descongestionamento nos serviços de saúde da Capital”, explicou.
Microcefalia – Preocupado com o aumento de microcefalia no país, Mandetta pediu explicações ao ministro e reforçou o convite para que ele participe da Comissão Geral sobre a epidemia de microcefalia, no dia 16 de dezembro, na Câmara dos Deputados. O ministro confirmou a presença e garantiu que irá apresentar os novos dados da doença e a mobilização do Ministério no combate à epidemia.
 

Banner Whatsapp Desktop
agecom - fullbanner
Cornavirus