12 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Banner Senar MS - Paisagens Rurais (10/08 a 20/08)
ECONOMIA

Ramal de Gás Natural trará economia para comerciantes da rua Bom Pastor

O Gás Natural já está sendo utilizado por dez estabelecimentos comerciais do tradicional ponto gastronômico da cidade

12 novembro 2015 - 07h15Da redação, com informações da MS Gás
Divulgação
FAMASUL - SENAR

Com economia garantida de até 40% em relação ao Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o Gás Natural já está sendo utilizado por dez estabelecimentos comerciais do tradicional ponto gastronômico da cidade, na rua Bom Pastor, após a finalização do novo ramal de distribuição. Segundo a Gerência Comercial da Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul, a expectativa é a adesão de pelo menos 30 clientes ainda neste ano no setor comercial.

O Corredor Gastronômico Cultural e Turístico, instituído pela Lei Municipal 5.414, de dezembro de 2014, oferece variado cardápio para público cada vez maior no período noturno, que vai desde as massas, passando por churrasco, sanduíches, salgadinhos, docerias, casa de bolos, padaria e sorveteria por aproximadamente 50 estabelecimentos comerciais distribuídos ao longo da via, que tem projeto para receber plano de revitalização com inúmeras intervenções urbanísticas (segundo informou a prefeitura de Campo Grande).

Para o diretor-presidente da MSGÁS, Rudel Espíndola Trindade Júnior, a expansão da rede de gás natural reflete o desenvolvimento da região e também o interesse dos consumidores das áreas residencial, comercial e industrial por fonte energética mais barata, confiável e mais limpa à disposição do mercado, principalmente após reajustes consecutivos de energia elétrica e do Gás Liquefeito de Petróleo (botijão).

“A MSGÁS vem trabalhando com metas ambiciosas para auxiliar o nosso governo a impulsionar o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul, oferecendo um produto comprovadamente mais barato e limpo como suporte a empreendimentos residenciais, comerciais e industriais. Para nós, o corredor gastronômico da Avenida Bom Pastor é mais um importante passo neste caminho”, explicou.

O presidente do Grupo de Apoio e Sustentabilidade da Avenida Bom Pastor, Oreste Morais Godoi informou que o número de empreendimentos comerciais instalados na região dobrou nos últimos meses, e a previsão é de pelo menos mais duas lanchonetes serem inauguradas neste semestre. E ressaltou que o ramal de Gás Natural irá trazer praticidade e economia para os novos e antigos comerciantes.

“Depois que o ramal estiver passando em frente ao comércio, o empresário já poderá usufruir do combustível mais barato, se comparado a outros, além de garantir a segurança aos seus clientes e funcionários”, salientou Oreste que já contabilizou 52 estabelecimentos comercias na Bom Pastor, 27 a mais que no fim do ano passado.

Proprietário do Thomaz Lanches, tradicional empresa do ramo de salgados na Capital, José Thomas já está com o projeto pronto para a construção de seu mais novo estabelecimento na avenida e se diz contente com o ramal de Gás Natural que irá passar em frente de seu estabelecimento comercial. “A economia no final do mês é sempre bem-vinda, e agora com o a chegada do Gás Natural ficará ainda mais fácil poupar nas despesas diárias”, diz o empresário.

Banner Whatsapp Desktop
Cornavirus
agecom - fullbanner