17 de dezembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BANNER TCE - E-Extrator PI 3492/2018 (13/12 até 17/12)
MULHERES

Projeto emPENHAdas pela Saúde capacita profissionais no atendimento de mulheres vítimas de violência

14 janeiro 2018 - 12h39Da redação, com informações do TJMS
Arquivo

Na sexta-feira (12), a coordenadora da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar de MS, juíza Jacqueline Machado, realizou uma reunião com sua equipe e representantes da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Em pauta, os resultados expressivos do projeto emPENHAdas pela Saúde, curso que capacitou profissionais que atuam no atendimento de mulheres vítimas de violência.

No encontro, a nova superintendente-geral de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Gysélle Tannous, apresentou os resultados alcançados durante o curso, oferecido pelo sistema Telessaúde do Governo do Estado de MS.

Foram 475 inscritos para o curso, que teve carga horária de 40 horas. Diversos profissionais de várias áreas de formação participaram da capacitação on-line.

Na avaliação dos que concluíram o curso, 98% disseram que o site tinha facilidade de uso, que os objetivos e procedimentos foram claramente comunicados, que o material do curso foi organizado de forma lógica e compreensível, além de que o curso foi organizado de forma adequada, conforme os conceitos descritos nos objetivos do curso. Os participantes também disseram que recomendam o curso para outros profissionais.

Com a apresentação destes resultados e diante do alcance do curso, a Coordenadoria da Mulher e os representantes da SES elaborarão estratégias para ampliar e dar mais efetividade à capacitação, com a possibilidade de que a iniciativa tenha abrangência nacional, reforçando a Rede de Proteção da Mulher.

O curso faz parte do programa emPENHAdas pela Saúde, resultado da parceria estabelecida entre o TJMS, por meio da Escola Judicial (Ejud-MS) e da Coordenadoria da Mulher, e o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Saúde, Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, Superintendência de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (Telessaúde), além da Maternidade Cândido Mariano.

Rubeola
fullbanner-prestacao-contas-468x60px-cmcg-nov18