24 de fevereiro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
COTOLENGO
RÁDIO

Primeiro leilão de rodovia gera R$ 605 milhões para Mato Grosso do Sul investir em outras estradas

A proposta superou as expectativas, pois o projeto não previa valor de abono financeiro

5 dezembro 2019 - 15h21

O primeiro leilão de concessão de uma rodovia de Mato Grosso do Sul, foi um sucesso. O pregão, realizado nesta quinta-feira, dia 05, na Bolsa de Valores de São Paulo, teve como vencedor o Consórcio Way -306 – liderado pela Bandeirantes Engenharia com as empresas TCL Tecnologia e Construções, Senpar, Torc Terraplanagem e GLP Brasil.

Pelo direito de explorar a MS-306, o consórcio repassará ao Estado R$ 605,3 milhões, depositados diretamente no Fundersul e devem ser injetados em melhorias de outras estradas da malha rodoviária estadual.

A proposta, segundo o governador Reinaldo Azambuja, superou as expectativas, pois o projeto não previa valor de abono financeiro, o que segundo ele só demonstra a confiança do mercado no Estado de Mato Grosso do Sul.

O vice-governador e secretário de infraestrutura Murilo Zauith, que acompanhou o leilão, explicou que a proposta do consórcio superou em 500% a oferta de R$ 100 milhões da Via Brasil.

De extrema importância para a região, a rodovia integra três cidades de Mato Grosso do Sul, Chapadão do Sul, Cassilândia e Costa Rica. Além disso é polo de integração comercial entre os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais, sendo rota de escoamento de produção de açúcar, álcool, algodão, soja e milho.

O contrato de concessão da MS-306 tem estimativa de investimentos de aproximadamente R$ 1,7 bi no período de 30 anos, e o contrato deve ser assinado em até 90 dias.

 

 

PMCG
Maestro João Carlos