30 de março de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maisalms
EVENTO

Prefeitura promove V Seminário Cidades Brasileiras: Desejos e Possibilidades

O V Seminário Cidades Brasileiras: Desejos e Possibilidades discutirá temas relacionados ao planejamento urbano e seus desafios

23 agosto 2015 - 07h29Da redação
Arquivo

A Prefeitura de Campo Grande, sob a coordenação do Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano) promove, nos dias 27 e 28 de agosto, no auditório do Crea-MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul), o V Seminário Cidades Brasileiras: Desejos e Possibilidades. O evento discutirá temas relacionados ao planejamento urbano e seus desafios. A abertura oficial com presença de autoridades, no dia 27, acontece às 9 horas. O evento integra a programação de aniversário de 116 anos de Campo Grande.

O seminário acontece há cinco anos e coloca em pauta os assuntos em discussão na atualidade no Instituto. De acordo com o diretor-presidente do Planurb Marcos Cristaldo, esta edição será uma oportunidade de compartilhar experiências, suscitar debates, propiciar oportunidade de reflexão e trocar ideias, tendo como foco o Plano Diretor de Campo Grande. Serão apresentadas palestras que vão abordar temas como: a informação e as cidades sustentáveis, o estudo de impacto de vizinhança, os vazios urbanos de campo grande e Plano Diretor, o IPTU Progressivo e o Plano Diretor de Campo Grande.

“Vamos entrar no terceiro ciclo de palestras para a revisão do Plano diretor e o seminário será mais uma oportunidade de discussão desse documento que Campo Grande tem para sua organização e desenvolvimento”, comentou. Segundo Cristaldo, o evento trará palestrantes nacionais e internacionais que serão importantes para apresentar pontos ainda em discussão sobre o Plano Diretor, sendo um momento rico de debates.

Programação e discussões
No dia 27, acontece a palestra “Planejamento Urbano em Turin e ações dele decorrentes”, pelo arquiteto Giácomo Leonardi. O palestrante é gerente de serviços para o Planejamento, do Departamento de Urbanização, Patrimônio Histórico, Implementação PRG (Plano Geral) da cidade de Turim.

No mesmo dia acontece a segunda palestra, proferida por Sonia Rabello, que é jurista e professora e presidente da Federação das Associações de Moradores do Município do Rio de Janeiro (FAM-RIO). Sonia falará sobre o tema “A captura da mais valia por meio dos instrumentos do Plano Diretor.

A última palestra do dia 27 será do Gerente Executivo do Conselho Municipal de Política Urbana, instância de discussão e deliberação de políticas de planejamento urbano e gestão do território de Belo Horizonte, Isaac Henriques de Medeiros, que discutirá sobre Estudo de Impacto de Vizinhança.

No dia 28, as discussões permeiam assuntos relacionados ao crescimento ordenado da cidade. Iniciando as palestras, o engenheiro Luiz Roberto Arureira da Silva discorrerá sobre a informação e as cidades sustentáveis. Arueira é diretor de Informações da Cidade do Instituto Pereira Passos - IPP, órgão da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.

O segundo tema do dia a ser discutido será proferido por Economista Fabio Nogueira da Silva e o Analista de Sistemas, Maikel Saito que vão apresentar o Sisgran (Sistema Municipal de Indicadores Georreferenciados para o Planejamento e a Gestão de Campo Grande) e o Singeo (Sistema Municipal de Geoprocessamento). Em seguida, acontece a palestra do arquiteto Angelo Marcos Vieira de Arruda que vai falar sobre os vazios urbanos de Campo Grande e o Plano Diretor.

A próxima palestra será proferida pela Analista de infraestrutura, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Carolina Baima Cavalcanti que explicará como o Ministério das Cidades apoia o desenvolvimento das cidades. Logo após, a diretora-adjunta do Planurb Marta Lúcia da Silva Martinez apresenta o Plano Diretor de Campo Grande.

O seminário encerra com a discussão sobre o IPTU Progressivo que ficará a cargo da arquiteta e diretora de Planejamento urbano da Prefeitura de São Bernardo do Campo, Cláudia Virgínia Cabral de Souza. Ela é também coordenadora do Grupo de Planejamento Urbano do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

O seminário coordenado pelo Planurb é realizado com financiamento do Programa Nacional de Apoio a Gestão Administrativa e Fiscal dos Municípios Brasileiros (PNAFM). O evento é aberto ao público e as inscrições continuam abertas. É esperada a presença de integrantes do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano (CMDU), secretários municipais, profissionais da área de planejamento urbano, arquitetos, acadêmicos, líderes comunitários e conselheiros regionais.
 
Saiba mais sobre o Seminário Cidades Brasileiras - Desejos e Possibilidades:  www.capital.ms.gov.br/cidadesbrasileiras

Ramal -
SEBRAE