18 de julho de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
CAMPO GRANDE EXPO
GERAL

PF prende dez em operação contra tráfico de drogas e roubo de cargas em Itaboraí

13 julho 2018 - 17h01

A Polícia Federal cumpriu dez mandados de prisão durante uma operação em Itaboraí, região metropolitana do Rio, nesta sexta-feira, 13. Os detidos são acusados de integrar uma quadrilha de traficantes subordinados à facção criminosa Comando Vermelho, que também têm praticado roubos de carga.

Ao todo foram expedidos 27 mandados de prisão, dos quais dez haviam sido cumpridos até as 16h. Pelo menos três pessoas já estavam presas, entre eles o homem apontado pela Polícia Federal como líder local da quadrilha, alvo de uma das 27 ordens de prisão. Lindomar de Oliveira Brant, conhecido como Dodô, de 43 anos, cumpria pena na penitenciária federal de Campo Grande (MS), mas em maio foi transferido para o complexo penitenciário de Bangu (zona oeste do Rio). Desde então, segundo a polícia, os roubos de carga aumentaram. Também se intensificou o confronto entre traficantes e milicianos pelo domínio de territórios. A polícia acredita que pelo menos três homicídios recentes estão relacionados com a disputa.

Segundo as investigações da Polícia Federal, que se estenderam pelos últimos seis meses, há cerca de três semanas a quadrilha recebeu um carregamento de pistolas Glock avaliado em R$ 300 mil. A Polícia Federal tentou interceptar a entrega das armas, mas não conseguiu.

Para quitar essa dívida com os contrabandistas de armas, Dodô teria ordenado a intensificação dos roubos de cargas na região de Itaboraí. A quadrilha não é especializada num tipo de carga - rouba uma variedade de produtos, e repassa a maioria a comerciantes da região, que também estão sendo investigados.

A operação desta sexta-feira mobilizou 80 policiais federais, além de PMs, e foi chamada Caminho Curto. É uma referência à região do complexo das Retas, trecho de Itaboraí onde a ação foi promovida. A região fica próxima de importantes rodovias do Estado e registra elevado índice de roubo de cargas, além da presença de traficantes.

Além dos dez mandados de prisão, também foram cumpridos 17 ordens de busca e apreensão, com o apoio da Polícia Militar e do Ministério Público Estadual em Itaboraí. Foram apreendidos cerca de 15 quilos de crack, além de outros entorpecentes em quantidade menor. Também houve a apreensão de várias pistolas e revólveres.

João Bosco e Banda
PI SENAR MS 2018 centroexcelencia full-banner 940x100px