04 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
BALANÇO DA PF

PF divulga balanço e destaca Operação Lama Asfáltica e apreensão de drogas

Balanço mostra que mais de 2,3 mil pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Federal durante o ano de 2015

21 dezembro 2015 - 10h49DA REDAÇÃO
Foram mais de 2 milhões de dólares apreendidos
Foram mais de 2 milhões de dólares apreendidos - Detran
HVM

A Superintendência Regional da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul divulgou o resultado de suas atividades desenvolvidas durante o ano de 2015, onde foram contabilizadas as atividades da unidade central, em Campo Grande, e das Descentralizadas em Corumbá, Três Lagoas, Naviraí, Ponta Porã e Dourados.  

Destaca-se que em 2015 foram instaurados 1.811 Inquéritos Policiais, sendo relatados um total de 2.317, referentes ao ano corrente e anteriores, resultando em 118% de produtividade referente a investigações finalizadas. 

Em relação aos 1.811 Inquéritos Policiais instaurados, 1.576 foram concluídos com autoria apurada e em outros 478 foi comprovada a não existência de crime. Desta forma obteve-se um índice de 88% de efetividade. São instaurados inquéritos policiais havendo indícios de prática criminosa, sendo que a apuração de não ocorrência de prática delitiva também se trata de resposta efetiva. 

No corrente ano foram detidos 1.001 indivíduos em flagrante delito, tendo sido indiciados por diversas práticas criminosas um total de 2.350 pessoas.  

Podem ser ressaltados algumas investigações que merecem destaque: 

Operação Lama Asfáltica – Organização Criminosa que superfaturava obras contratadas com a Administração Pública, mediante a prática de corrupção de servidores públicos e fraudes a licitações. Restou apurado um desvio de milhões de reais;  

Apreensão de 1 tonelada e 440 quilos de cocaína em Corumbá/MS, os quais eram transportados na carroceria de uma carreta que seguiria para São Paulo. Esta apreensão foi a de maior quantidade no Estado do Mato Grosso do Sul e a a terceira maior já realizada pelo Departamento de Polícia Federal, em se tratando deste tipo de entorpecente;  

Operação Bumerangue – Identificou exportações fictícias de produtos siderúrgicos nacionais, os quais não saíam do País, retornando ao mercado de forma irregular e sem recolhimento de tributos. O montante das transações comerciais ilegais foi de aproximadamente R$ 250 milhões. 

Operação Pêndulo – Desbaratou Organização Criminosa dedicada ao tráfico de drogas na região de Três Lagoas, com ramificações nas localidades de Brasilândia, Coronel Sapucaia e Ponta Porã/MS, a qual recebia carregamentos de entorpecentes e enviava veículos como pagamento; 

Apreensão de US$ 2.204.216,00, que seriam retirados do País sem os procedimentos legais, configurando crime de evasão de divisas. Esses valores, sendo retirados do território nacional desta forma, poderiam ser utilizados para a aquisição de drogas, armas, munições ou outros produtos ilícitos; 

Operação Trapo – Realizada em conjunto com a Receita Federal do Brasil, desarticulando Organização Criminosa especializada nos delitos de contrabando e descaminho. No curso das investigações foram apreendidas aproximadamente 20 toneladas em mercadorias descaminhadas ou contrabandeadas, cujo valor foi estimado em cerca de R$ 1.750.000,00, bem como mais de 700 pássaros silvestres de origem peruana. Além disso foi preso um Analista Tributário envolvido com o esquema criminoso. 

Sobre apreensão de entorpecentes, foram apreendidos volumes significativos de drogas em decorrência das atividades repressivas. Os montantes foram os seguintes: 

COCAÍNA – 4.400 Kg (quatro toneladas e quatrocentos quilos); 

MACONHA – 75.878Kg  (setenta e cinco toneladas e oitocentos e setenta e oito quilos); 

LSD – 5.130 pontos 

ECSTASY – 526 comprimidos 

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)
Cornavirus
agecom - fullbanner