19 de junho de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
- SEBRAE INSTITUCIONAL
INTERNACIONAL

Novo líder de partido governista da África do Sul promete reprimir corrupção

Ramaphosa foi eleito em dezembro para liderar o partido mais antigo da África do Sul

13 janeiro 2018 - 10h21
A frustração pública sobre as denúncias de corrupção contra Zuma dividiu profundamente o ANC
A frustração pública sobre as denúncias de corrupção contra Zuma dividiu profundamente o ANC - Foto: eHowzit

O novo líder do partido governista da África do Sul Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês), o ex-sindicalista Cyril Ramaphosa, se comprometeu neste sábado em reprimir a corrupção no país e disse que vai lutar para acabar com a contínua desigualdade que assola a nação.

"Bilhões de rands foram desviados ilegalmente para alguns indivíduos", disse Ramaphosa, na abertura de uma conferência que comemora o 106º aniversário do partido.

Ramaphosa foi eleito em dezembro para liderar o partido mais antigo da África do Sul. Ele substitui na agremiação o presidente sul-africano, Jacob Zuma. Com isso, o ex-sindicalista se cacifa para ser indicado como líder do país em 2019.

A frustração pública sobre as denúncias de corrupção contra Zuma dividiu profundamente o ANC. Ramaphosa foi pressionado por partidos de oposição e alguns membros do ANC para apoiar a deposição dele do cargo de presidente do país.

Em vez disso, Ramaphosa afirmou que vai unificar o partido.

ALMS CORTESIA
TJ MS