05 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
CAMPANHA SEBRAE
RÁDIO

Mato Grosso do Sul pode se tornar destaque no ranking da piscicultura nacional

15 maio 2017 - 10h02

O Governo Federal, por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento autorizou a instalação de tanques-rede nos lagos das usinas hidrelétricas de Jupiá e Ilha Solteira, no Rio Paraná.

A articulação encabeçada pelo executivo estadual através da secretária de Estado Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) agilizou o processo de concessão para uso do espaço físico das águas por empresas do setor.

A expectativa é de que a atividade impulsione Mato Grosso do Sul para a ponta do ranking da piscicultura do Brasil, conforme explica o secretário Jaime Verruck.

As empresas GeneSeas e Tibrás vão pagar outorga de dois milhões de reais pelo direito de uso dos lagos por 20 anos. O planejamento prevê a instalação de 554 hectares de tanques-rede para criar tilápias nos lagos das duas usinas entre os municípios de Aparecida do Taboado e Três Lagoas, com capacidade para produzir até 120 mil toneladas ao ano.

O Estado do Paraná, atual campeão brasileiro de piscicultura, produziu 93.600 toneladas no ano passado, segundo dados do Anuário Brasileiro de Piscicultura elaborado pela Associação Brasileira de Piscicultura. Mato Grosso do Sul – segundo o mesmo Anuário – figurava na nona posição com 24.150 toneladas/ano de pescado e pode saltar para a primeira posição já no próximo ano.

Lívia Machado – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)