21 de abril de 2019 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SEGOV/ENTREGAS B
GERAL

Interdição do Ninho do Urubu não está descartada, diz MPRJ

12 fevereiro 2019 - 19h19

As quatro instituições que participaram hoje (12) de uma vistoria técnica, que durou três horas no Centro de Treinamento do Flamengo, o Ninho do Urubu, em Vargem Grande, zona oeste do Rio, apresentarão relatório conclusivo na reunião marcada para sexta-feira (15), às 10 h, na sede do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ). De acordo com o MPRJ, será definida a adoção das medidas cabíveis junto ao clube para a regularização do Centro de Treinamento, não sendo descartada a interdição do Ninho do Urubu.

A vistoria teve a participação de integrantes do MPRJ, da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPRJ), do Ministério Público do Trabalho (MPT), da Polícia Civil do Estado, do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e da prefeitura do Rio.

O MPRJ informou que as instituições que compõem a força-tarefa recolheram informações técnicas relacionadas às instalações do Ninho do Urubu e a questões ligadas à proteção dos direitos da infância e da juventude.

A vistoria foi acompanhada por representantes do Flamengo, que liberaram o acesso às dependências do CT. Conforme o MPRJ, durante a vistoria, agentes da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e da prefeitura do Rio recolheram material para a complementação do parecer sobre a inspeção. Foram requisitados documentos, que serão utilizados na análise da perícia.

Apesar da vistoria, o centro de treinamentos do Flamengo foi utilizado hoje por atletas do time profissional.

Vasco e Fluminense

A prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo, embargou obras no centro de treinamento do Vasco, em Vargem Pequena, e também decidiu multar o clube. A medida ocorreu depois de uma vistoria feita no local, por técnicos da secretaria, na segunda-feira (11). A informação foi divulgada em nota, nesta terça-feira (12).

“Os técnicos da Secretaria Municipal de Urbanismo vistoriaram o local na última segunda-feira e constataram obras em andamento não licenciadas. Diante do fato, foi lavrado edital de embargo/notificação, que será entregue nesta quarta-feira (13). Além disso, o clube também será multado”, informou a nota.

Os funcionários da prefeitura também vistoriaram o centro de treinamento que o Fluminense mantém em Jacarepaguá, mas constatou que não há obras em andamento, que o projeto aprovado confere com os prédios e que o local tem licença de obras válida até 23 de outubro.

“A Secretaria Municipal de Fazenda esclarece que os CTs do Fluminense e do Vasco já foram autuados por falta de alvará de licença para estabelecimento e que os clubes deverão buscar regularização junto à prefeitura. Esses centros de treinamento devem ser vistoriados pelos técnicos da secretaria na próxima semana. Nesta terça-feira, as equipes estiveram voltadas para a vistoria conjunta que aconteceu no CT do Flamengo”, concluiu a nota.