18 de janeiro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
LUTO OFICIAL

Governo do Estado decreta luto oficial de 3 dias pela morte de Juvêncio César da Fonseca

Ele foi o primeiro prefeito da Capital sul-mato-grossense após o fim da ditadura militar

15 dezembro 2019 - 08h01
Juvêncio Cesar da Fonseca nasceu em Campo Grande no dia 21 de setembro de 1935
Juvêncio Cesar da Fonseca nasceu em Campo Grande no dia 21 de setembro de 1935 - Foto: Divulgação

O governador Reinaldo Azambuja decretou luto oficial por três dias pela morte de Juvêncio César da Fonseca, ex-senador e ex-prefeito de Campo Grande. Em sinal de respeito, as bandeiras em frente à governadoria estarão hasteadas a meio mastro.

Juvêncio Cesar da Fonseca nasceu em Campo Grande no dia 21 de setembro de 1935. Advogado, formado em Direito pela Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, foi vereador de 1983 a 1985, prefeito por dois mandatos (1986-1988 e 1993-1996) e senador por Mato Grosso do Sul entre 1999 e 2007.

Ele foi o primeiro prefeito da Capital sul-mato-grossense após o fim da ditadura militar. Ficou famoso pela revitalização das praças e pela criação do passe livre do estudante no transporte coletivo. 

Já em seu único mandato no Congresso, foi integrante da CPI dos Bingos e presidente do Conselho de Ética do Senado.

O ex-prefeito de Campo Grande morreu aos 84 anos, na madrugada deste sábado (14.12), às 2h30, após dois meses de internação no Proncor.

Casado há quatro décadas com Sueli Brandão Fonseca, Juvêncio deixa a esposa, dois filhos e dois netos.