13 de dezembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BANNER TCE - E-Extrator PI 3492/2018 (13/12 até 17/12)
RÁDIO

Governador participa das discussões para recuperar navegação no rio Taquari

O governador também enfatizou a necessidade de essas intervenções contemplarem toda a Bacia–Planalto

7 dezembro 2018 - 16h15
Rio Taquari
Rio Taquari - Divulgação

O governador Reinaldo Azambuja participou, na manhã desta sexta-feira, dia 07, na Assembléia Legislativa, da reunião que detalhou os estudos encomendados pelo Dnit para recuperar a navegação do rio Taquari, no Pantanal sul-mato-grossense.

A proposta, apresentado pelo Governo de Mato Grosso do Sul, e convalidada pelo Ibama na portaria nº 3.447, prevê a transformação de multas aplicadas pelos órgãos ambientais federais na recuperação de áreas degradadas do País, como a Bacia do rio Taquari, em Mato Grosso do Sul. Para Reinaldo Azambuja a medida é um grande avanço.

O governador também enfatizou a necessidade de essas intervenções contemplarem toda a Bacia–Planalto.

O assoreamento do rio já inundou permanentemente cerca de 1,3 milhão de hectares da planície de Corumbá, impedindo a passagem de lanchas e isolando os pantaneiros.

O edital de chamamento público do Ibama, contemplando o rio pantaneiro, deve ser publicado até o final do ano,  e já despertou o interesse de 800 empresas multadas pelo governo, dispostas a um acordo para se beneficiarem do desconto de até 60% do valor devido. Nessa etapa do programa de conversão de multas, estima-se a captação de R$ 2,6 bilhões.

fullbanner-prestacao-contas-468x60px-cmcg-nov18
TJMS – Campanha do TJMS – SEMANA NACIONAL DA RECONCILIAÇÃO