03 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maracaju
OLÍMPIADAS DE 2016

França oferece ajuda ao Rio contra possíveis ataques terroristas nas Olimpíadas

O Governo francês se dispôs a abrir seu banco de dados sobre segurança para os Jogos Olímpicos.

23 novembro 2015 - 09h11Da redação com informações do O Dia.
O ministro das Relações Exteriores francês, Laurent Fabius, ofereceu neste domingo a ajuda da França para prevenir possíveis atentados terroristas nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.
O ministro das Relações Exteriores francês, Laurent Fabius, ofereceu neste domingo a ajuda da França para prevenir possíveis atentados terroristas nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. - Divulgação
HVM

O governo francês ofereceu ajuda ao Brasil para garantir a segurança contra possíveis ataques terroristas durante os Jogos Olímpicos do Rio em 2016. O ministro de Assuntos Exteriores e do Desenvolvimento Internacional da França, Laurent Fabius, que participou de audiência com a presidenta Dilma Rousseff ontem, afirmou que seu país pode abrir informações do serviço de inteligência francês e das ações adotadas após os atentados do dia 13 em Paris, quando 130 pessoas foram mortas por militantes do Estado Islâmico.O Governo francês se dispôs a abrir seu banco de dados sobre segurança para os Jogos Olímpicos.

“O que aconteceu em Paris, infelizmente, poderia acontecer em vários países do mundo, uma vez que (os grupos terroristas) estão organizados internacionalmente”, observou Fabius. “Disse à Dilma Rousseff que estamos à sua disposição”, acrescentou o ministro em visita ao Brasil para tratar da 21ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP 21), que reunirá representantes de 195 países, de 30 de novembro a 11 de dezembro, em Paris, que apesar dos atentados na capital francesa está mantido.

O objetivo da COP 21 é preparar novo acordo entre os países para diminuir a emissão de gases do efeito estufa.

Para o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, a ajuda é muito bem-vinda. O encontro de Dilma com o ministro francês ocorreu na manhã de ontem. Mauro Vieira e Izabella Teixeira, do Meio Ambiente, também participaram. Segundo Fabius, a questão da segurança foi mencionada na conversa.

O governo francês também se mostrou sensibilizado com o desastre ambiental causado pelo rompimento da barragem em Mariana (MG).

 

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
GAL COSTA
agecom - fullbanner
Cornavirus