16 de agosto de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Banner - Campanha Doe Sangue 09.08 até 16.08
INTERNACIONAL

Diplomatas elogiam posição do Brasil sobre conflito em Gaza

16 maio 2018 - 09h59

As representações diplomáticas reagiram positivamente à nota do Itamaraty, na qual recomenda que israelenses e palestinos busquem negociações que possibilitem um acordo pela paz e segurança na Faixa de Gaza.

Em nota divulgada na noite de segunda-feira (14), o Itamaraty anunciou que "o governo brasileiro reitera sua posição em prol de negociações que garantam o estabelecimento dos dois estados, vivendo em paz e segurança, dentro de fronteiras internacionalmente reconhecidas, e que assegurem o acesso aos lugares santos das três religiões monoteístas, de acordo com as resoluções do Conselho de Segurança, em especial a Resolução 478 (1980), e da Assembleia Geral Nações Unidas".

“A Bélgica é favorável a uma solução pacífica e esperamos que o diálogo na região ainda seja possível”, disse o embaixador belga no Brasil, Dirk Loncke, ao comentar a nota do Itamaraty.

Dirk Loncke lamentou a morte de pelo menos 60 pessoas durante os conflitos na região, após a inauguração da Embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém, nessa segunda-feira (14).

O embaixador belga disse que se sentiu honrado ao comparecer, nesta terça-feira (15), à cerimônia do Al-Nakba, organizada pela comunidade diplomática em Brasília, que relembra a expulsão, há 70 anos, de 700 mil palestinos de suas terras no Oriente Médio. A cerimônia foi realizada na sede da Missão Diplomática da Palestina e contou com as presenças da comunidade diplomática árabe e  representantes de vários outros países. No final, os participantes do evento plantaram uma oliveira, árvore típica do Oriente Médio. “Compareci [ao evento] com absoluta consciência”.

O embaixador do Azerbaijão, Elkhan Polukhov, elogiou a nota do Itamaraty e disse que seu país apoia todas das resoluções das Nações Unidas em favor do diálogo entre Palestina e Israel. “O Azerbaijão é um país que sofreu ocupação e achamos que vidas humanas não têm preço”, acrescentou Polukhov. “Pessoas tem de aprender a viver em paz e harmonia”.  

Ao comentar a nota do Itamaraty, o embaixador do Catar, Mohammed Al-Hayki, agradeceu ao Brasil pela “honrosa posição referente à Palestina”. Segundo ele, a nota demonstra que o Brasil sempre manteve em harmonia com as Nações Unidas, em favor da paz no Oriente Médio.

O embaixador da Palestina, Ibrahim Alzeben, disse “estar feliz” com a posição do governo brasileiro porque, de um lado, expressa solidariedade com as vítimas do conflitos e oferece condolências para tantas famílias palestinas que sofreram em Gaza. “Por outro lado, o  Brasil fez um apelo para que Israel esteja de acordo com as leis humanitárias internacionais e também obedeça às resoluções internacionais que prevêem solução para esse conflito”. 

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já tem seus candidatos para as eleições de 2018?

Votar
Resultados
João Bosco e Banda
VAZIO SANITÁRIO