08 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
TRÂNSITO

Detran/MS participa de Conferência Global sobre Segurança no Trânsito em Brasília

2ª Conferência Global de Alto Nível Sobre Segurança no Trânsito – Tempo de Resultados acontece até amanhã

18 novembro 2015 - 16h47Da redação
HVM

Nos dias 18 e 19 de novembro está sendo realizada em Brasília no Centro Internacional de Convenções do Brasil, a 2º Conferência Global de Alto Nível Sobre Segurança no Trânsito – Tempo de Resultados.

O evento conta com a presença de 180 países, totalizando 2200 participantes, sendo que destes 500 são da delegação do Brasil. A conferência é voltada para representantes ligados ao trânsito, incluindo Ministros da Saúde, Cidades, Interior, Transportes, Segurança Pública e ainda representantes da sociedade civil de todos os países.

O objetivo da Conferência é a análise das principais causas de mortes no trânsito em todo o mundo, bem como uma oportunidade para a troca de informações e experiências acerca das ações desenvolvidas para se ter um trânsito melhor.

No evento será analisado também o progresso da implementação do Plano Global para a Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020, e os resultados já obtidos a nível mundial.

Nesta quarta-feira (18) na abertura do evento segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), os acidentes de trânsito matam cerca de 1,25 milhões de pessoas por ano, 90% em países de renda média e baixa. Sendo que este tipo de acidente é a principal causa de morte entre jovens com idades entre 15 e 29 anos. Quase metade de todas as mortes nas estradas são de pedestres, ciclistas e motociclistas.

Na sequência a Organização Mundial da Saúde (OMS), apresentou dados do Relatório Global sobre a Situação da Segurança no Trânsito 2015, lançado em outubro passado, relatório que embasará as discussões da Conferência.

Para o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS) Gerson Claro, a Conferência é uma oportunidade única de discussão um trânsito melhor para todos. “Essa 2º Conferência está dando a possibilidade de se estudar as causas e motivações de mortes no trânsito. Todos os dias lidamos com dados e mais dados, mas o nosso objetivo aqui é chegar em uma ação conjunta para revertermos essas mortes diárias no trânsito”, conclui Gerson Claro.

O documento da OMS também constata que os motociclistas são usuários particularmente vulneráveis das vias e rodovias, totalizando 23% de todas as fatalidades. Em muitas regiões, alerta o documento, o problema é crescente, como nas Américas, onde a proporção de óbitos de motociclistas dentro do universo de mortes no trânsito cresceu de 15% para 20% entre 2010 e 2013.

Em Campo Grande, segundo dados da Santa Casa no setor de Traumatologia, 45% dos procedimentos são por conta de acidentes de trânsito, sendo que 90% são de acidentes envolvendo motociclistas.

“A partir desta conferência e da união de todos os atores envolvidos no trânsito em Mato Grosso do Sul, novas diretrizes serão traçadas para mudarmos esses dados”, afirma Gerson Claro.

A Conferência possibilita a seus participantes participarem de sessões paralelas que abordam os mais variados temas sobre trânsito, como: Gestão da Segurança no Trânsito, Tecnologias para segurança no trânsito: desafios e oportunidades, Usuários das vias mais seguros, Segurança para motociclistas, Transporte sustentável e segurança no trânsito, entre outros.

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

62%
37%
GAL COSTA
agecom - fullbanner
Cornavirus