20 de agosto de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
 BANNER TCE - Supremacia Lei Licitação PI 2209 (25 a 27/07 e 30 e 31/07)
RECEITA

Contribuintes têm até este sábado para negociar dívidas com a prefeitura

5 dezembro 2017 - 09h17
IMG_4919
IMG_4919

Muitos contribuintes estão aproveitando a extensão do prazo do Refis para terminar de vez com as dívidas com a Prefeitura. O prazo foi prorrogado até este sábado (9) e esta é a uma última chance para renegociar os débitos e colocar as contas em dia com o municipio. A Central do IPTU, localizada na Rua Arthur Jorge nº 500, estará aberta das 8 até as 16 horas.

O montador de automóveis Luscar Afonso Paiva contou que não conseguiu negociar nos primeiros prazos e a prorrogação veio em boa hora. “Ficou muito bom, porque eu não tive como resolver antes. Além disso, o pagamento também está facilitado e não pesa no orçamento”, revelou.

O pai dele devia cerca de R$ 5 mil em IPTU residencial (dos anos de 2015, 2016 e 2017) e com o desconto nos impostos o valor passou para cerca de R$ 3,2 mil, divididos em seis vezes.

Quem também aproveitou o aumento do prazo foi o professor Marcelo Koji Sakamoto. Ela contou que devia quase R$ 3,3 mil dos IPTUs de 2015 e 2016, e agora ficou R$ 2,4 mil, divididos em 12 vezes.

“Ficou muito bom, porque consegui reduzir a dívida e ainda parcela em 12 parcelas. Ficou bem facilitado”, disse.

O secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, ressaltou que esta será a última chance para o contribuinte aproveitar as condições para renegociar as dívidas com o município.

“Neste ano de 2017, as condições estão mais atraentes. Estendemos o prazo para dar mais uma chance para quem ainda não conseguiu aderir ao Refis. É hora de aproveitar as condições, que inclusive, são maiores que oferecidas no ano passado, já que não havia desconto sobre a correção monetária”, destacou Pedrossian.

Prorrogação

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram no dia 30 de novembro, em regime de urgência, durante a sessão ordinária na Casa das Leis, o Projeto de Lei Complementar nº 558/17, de autoria de todos os parlamentares, que ampliou em nove dias o prazo do Refis. O PLC foi sancionado no mesmo dia pelo prefeito Marquinhos Trad.IMG_4899

Nesta etapa do programa, a prefeitura oferece desconto de 85% nos juros e na correção monetária no pagamento à vista e 75% nas multas, das dívidas tributárias e multas com o município. Exceção para multas de trânsito.

Quem optar pelo pagamento parcelado terá desconto de 70% nos juros e na correção monetária em 6 vezes, e 25% nos juros e na correção monetária em 12 vezes. Multas não serão parceladas.

Mais de 40 mil pessoas já procuraram a Prefeitura para assegurar o desconto. A meta é arrecadar R$ 38 milhões.

Para melhorar o atendimento e dar mais conforto ao usuário, cinquenta atendentes estarão à disposição, inclusive com caixas disponíveis no local, para recebimento dos tributos.

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já tem seus candidatos para as eleições de 2018?

Votar
Resultados
VAZIO SANITÁRIO