13 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
assembleia respeito
AO VIVO Acompanhe a transmissão do jornal GIRO ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Transmitido simultaneamente para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação
INFRAESTRUTURA

Com prazo de entrega mantido, obra da avenida Euler de Azevedo recebe desvio

13 maio 2017 - 11h30
comper

Campo grande (MS) – O lote urbano também chamado de lote 1 da obra da readequação de capacidade de tráfego da avenida Euler de Azevedo recebeu esta semana um desvio, no trecho próximo ao Tênis Clube. Segundo o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, a parte de drenagem da obra dos dois lotes está quase pronta, faltando apenas a ampliação da galeria do córrego Imbirussu e um complemento de sarjeta no segundo lote.

“Neste trecho estamos fazendo um alargamento da galeria já existente para que possamos executar a ampliação da pista. Estamos trabalhando para fazer tudo o mais rápido possível e com responsabilidade para trazer o menor prejuízo para a população, pois aqui é uma área urbana e de alto fluxo de veículos, portanto, temos que fazer tudo com cautela e de acordo com o trânsito”, explicou durante entrevista coletiva concedida na terça-feira (9.5), no desvio da obra.

Com relação ao cronograma e prazo de entrega, Miglioli foi incisivo. “Vamos trabalhar para entregá-la dentro do prazo, embora tenhamos tido uma certa demora na terraplanagem devido ao período das chuvas. Mas nós tivemos esse cuidado e o próprio fluxo de veículos mostra porque não quisemos avançar no período chuvoso”, ressaltou. O prazo para entrega da obra é final do julho deste ano.

A obra conta, atualmente, com duas interdições no lote 1. O primeiro de aproximadamente 200 metros está entre o início da avenida e o Tênis Clube. Ele foi necessário para ampliação da galeria de drenagem do Córrego Imbirussu e deve durar cerca de 60 dias. O segundo desvio é logo acima, próximo à Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), onde está interditada meia pista no trecho entre a Universidade e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Neste caso, segundo a Coordenadoria de Empreendimentos Viários (Coemv) da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), foi realizado para ampliação da pista e o prazo de interdição será de até 20 dias.

A obra

A readequação da capacidade de tráfego da avenida Euler de Azevedo foi orçada para receber investimentos de R$ 14,7 milhões. Para dar celeridade aos trabalhos, a obra foi dividida em dois lotes: o urbano e o rural. O primeiro, segue do entroncamento da avenida Presidente Vargas até  o Centro de Capacitação e Pesquisa (Cepaer) e o segundo do Cepaer até o entroncamento da MS-080 na saída para Rochedo. Ao todo serão revitalizados 4,5 quilômetros, que além de serem duplicados contarão com ciclovia. A ordem de serviço da revitalização aconteceu no final de julho de 2016 e com as modificações a obra precisou de um aditivo de R$ 1,4 milhão, passando o orçamento de R$ 14,7 milhões para R$ 16,1 milhões. Confira outras fotos.

Raquel Pereira – Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra)

Foto capa: Chico Ribeiro

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - VUON /Vinhos (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Como você pretende gastar o seu saque emergencial do FGTS?

Votar
Resultados
GAL COSTA
Cornavirus
tj ms