22 de janeiro de 2019 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
campanha da SEGOV – IPVA 2019
Natal

Com garrafas pet, artesanato de detentas vai enfeitar o Natal de São Gabriel

16 novembro 2010 - 14h04

Pelo quarto ano consecutivo, o trabalho artesanal de reeducandas do Estabelecimento Penal de Regimes Semiaberto, Aberto e Assistência às Albergadas de São Gabriel do Oeste (EPFRSAAASGO) irá enfeitar o tradicional “Natal Luzes do Cerrado” da cidade.

Desde o mês de setembro, as detentas – em conjunto com instrutoras da Prefeitura e artesãs escolhidas entre as famílias beneficiadas com programas do governo federal – estão trabalhando na confecção das peças produzidas em garrafas pet. Os enfeites reproduzem animais do cerrado e itens típicos natalinos, como árvores, velas, anjos e estrelas.
         
Serão mais 600 peças que ornamentarão as principais ruas e avenidas; cerca de 500 mil garrafas plásticas estão sendo utilizadas. A inauguração oficial da decoração de natal deste ano está prevista para o dia 4 de dezembro, porém as primeiras peças já começaram a ser instaladas nas principais ruas e avenidas.
        
Onze reeducandas estão trabalhando na produção dos enfeites, segundo o diretor do EPFRSAAASGO, Dirceu Rondon Simões. A iniciativa faz parte de um convênio entre a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) e a Prefeitura Municipal de São Gabriel do Oeste.
         
No restante do ano, conforme a parceria, as internas atuam em serviços gerais para o órgão municipal. Pelo trabalho elas recebem um salário mínimo mensal e remição de um dia na pena imposta para cada três de serviços prestados.
        
Para o diretor-presidente da Agepen, Deusdete Oliveira, com a utilização da mão-de-obra prisional, o projeto consegue unir ações importantes. “O trabalho de transformação das garrafas pet em ornamentos representa, além da iniciativa socioambiental e cultural, um incentivo à reinserção social das internas, dando a elas oportunidade de ocupação produtiva e remunerada”, ressalta.
       
Segundo Oliveira, o poder público municipal de São Gabriel tem atuado como grande parceiro nas ações de ressocialização desenvolvidas nas unidades penais da cidade, como a produção de vasos de cerâmica no presídio de regime fechado.