18 de dezembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campanha REFIS 2019 -  Banner
GERAL

COI comunica oficialmente medalha do atletismo do Brasil em Pequim

7 dezembro 2018 - 17h24

Os atletas brasileiros Vicente Lenílson, Sandro Viana, Bruno Barros e José Carlos Gomes Moreira (Codó), que disputaram o revezamento masculino 4x100m rasos dos Jogos Olímpicos Pequim 2008, vão receber medalhas de bronze da prova. A equipe da Jamaica, composta por Usain Bolt, Nesta Carter, Michael Frater e Asafa Powell, que tinha conquistado a primeira colocação naquela competição, foi desqualificada.

A mudança foi comunicada oficialmente hoje (7) pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) ao Comitê Olímpico do Brasil (COB). Na prova disputada no Ninho do Pássaro, a equipe do Brasil terminou em quarto lugar. Trinidad e Tobago, que ficou em 2º lugar, vai herdar o ouro; e o Japão, que foi o 3º, receberá a medalha de prata.

O motivo foi a confirmação de doping de Nesta Carter, que disputou as eliminatórias e as finais da competição pelo país da América Central. A desclassificação da Jamaica já havia sido anunciada desde janeiro do ano passado pelo COI.

Um parecer da Comissão Disciplinar do COI e da Corte Arbitral do Esporte (CAS) favorável à desqualificação da equipe jamaicana e, ainda, a reclassificação da Associação Internacional de Federações de Atletismo foram a base para a alteração no pódio em Pequim 2008.

As medalhas ainda estão de posse do Comitê Olímpico Internacional. A data para a entrega do prêmio e a definição de como será a cerimônia ainda serão definidas pelo COB e os atletas brasileiros.

O presidente do COB, Paulo Wanderley, reconheceu que houve demora na decisão, mas considerou que valeu a pena a espera. “Parabéns aos atletas brasileiros que, justamente, receberão suas medalhas. Não é a situação ideal esperar tanto tempo, mas, no final das contas, o treinamento e esforço que fizeram será recompensado”, disse.

Antes disso, a equipe feminina de 4x100m de 2008, formada pelas atletas Lucimar Moura, Rosangela Santos, Rosemar Coelho Neto e Thaissa Presti, havia recebido a medalha de bronze com a desclassificação, também por dopping, da Rússia, que tinha ficado com o ouro.

De acordo com o COB, com as alterações, o Brasil chega a 17 medalhas conquistadas nos Jogos Olímpicos Pequim 2008, sendo 3 de ouro, 4 de prata e 10 de bronze.

fullbanner-prestacao-contas-468x60px-cmcg-nov18
TJMS – Campanha do TJMS – SEMANA NACIONAL DA RECONCILIAÇÃO