18 de Fevereiro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
CAMPANHA Águas Guariroba - Banner - Campanha Águas Faz Mais - JAN
GERAL

Clubes de SP vendem abadá para folia de rua

O evento está planejado para ocorrer na Rua Gumercindo Saraiva, uma travessa da Faria Lima entre o Condomínio edifício Dacon e o Museu da Casa Brasileira

15 Fevereiro 2018 - 06h48
O evento está planejado para ocorrer na Rua Gumercindo Saraiva, uma travessa da Faria Lima entre o Condomínio edifício Dacon e o Museu da Casa Brasileira
O evento está planejado para ocorrer na Rua Gumercindo Saraiva, uma travessa da Faria Lima entre o Condomínio edifício Dacon e o Museu da Casa Brasileira - Foto: Glorinha Cohen

Quatro grandes clubes paulistanos estão vendendo ingressos para um evento de carnaval de rua no próximo domingo. A festa está prevista para ser em espaço público no Jardim Europa, zona sul de São Paulo. Um decreto da Prefeitura, porém, proíbe a realização de eventos privados de carnaval na rua. A gestão municipal afirmou que fiscalizará a festa. Já os clubes garantem que a via não será interditada para o evento.

A Pholia dos Clubes é organizada por Pinheiros, Hebraica, Paulistano e Paineiras e a venda de abadás é restrita a associados (R$40) e convidados de associados (R$ 60). Entre as atrações estão o cantor Jorge Ben Jor e o grupo Axé 90 Graus. O evento está planejado para ocorrer na Rua Gumercindo Saraiva, uma travessa da Faria Lima entre o Condomínio edifício Dacon e o Museu da Casa Brasileira. Esta é a segunda edição do Pholia dos Clubes.

Em decreto do prefeito João Doria (PSDB) de outubro, a Prefeitura proíbe a utilização da rua para a realizar evento privado de carnaval. "Nas manifestações do carnaval de rua não poderão ser utilizadas cordas, correntes, grades e outros meios de segregação do espaço que inibam a livre circulação do público ou constituam áreas privadas", diz a norma. O uso de vestuário distintivo, como os abadás, é permitido desde que apenas identifique o grupo e "sem que configure elemento condicionante à participação".

O decreto prevê ainda que só serão admitidas cordas "para a finalidade específica de proteção e isolamento dos músicos, equipamentos de som, trios elétricos e assemelhados, desde que sua utilização seja precedida de projeto técnico aprovado pela Secretaria das Prefeituras Regionais".

Em publicação do Clube Hebraica na internet, o evento começou a ser anunciado antes do carnaval. "Os ingressos estão superconcorridos, corra e garanta já o seu! Jorge Ben Jor e Axé 90 comandam a festa no dia 18 e o evento já é certeza de sucesso."

Respostas

A Prefeitura informou que a autorização emitida para os clubes é a mesma de todos os blocos credenciados. "Em hipótese nenhuma pode ser condicionada a entrada no espaço público mediante pagamento." A nota acrescenta que a Prefeitura Regional não foi informada sobre a cobrança e vai fiscalizar. "Caso constate irregularidade, (vai) aplicar as medidas cabíveis.

"Já os clubes informaram, em nota única, que o evento tem autorização oficial e a rua não será interditada, "garantindo a passagem dos pedestres". Disseram, ainda, que o evento receberá associados e não associados. Mas não informaram se quem não comprou ingresso poderá participar da festa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

TJ MS - CORTESIA
SEGOV CORTESIA