11 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BANNER TCE - Prazos Processuais (10/08 a 13/08)
HOMEOPATIA

Centro de Reabilitação realiza tratamento homeopático em animais silvestres

Ideia surgiu de um termo de cooperação técnica para testar se a medida ajudaria no tratamento de casos graves

22 novembro 2015 - 07h33Da redação
Divulgação
FAMASUL - SENAR

O Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) está realizando tratamento homeopático em animais considerados em estado crítico.

A ideia surgiu de um termo de cooperação técnica do Cras com a empresa Real H Nutrição e Saúde Animal para testar se a medicina homeopática ajudaria no tratamento de casos graves.

Segundo a médica veterinária responsável Claudia Macedo, as vantagens são inúmeras. “A homeopatia é algo incrivelmente positivo para o tratamento dos animais considerados em estado grave, primeiramente por ser natural e não causar reações, o que diminui o risco de óbitos.  Pode ser usado também em filhotes e gestantes, evita acidentes uma vez que não manipulamos os animais, eles continuam a alimentação normalmente e o estresse é minimizado ao máximo”.

O vice-presidente da Associação Médica Homeopática Brasileira para a Região Centro-Oeste, Luiz Darcy Gonçalves Siqueira, avaliou que a iniciativa é de extrema importância e mostra as pessoas que não se trata de um placebo e que realmente essa medicina funciona em todos os casos.

Luiz Darcy também explicou que com o apoio do Governo estadual em 2016 vai acontecer o 33º Congresso Brasileiro de Homeopatia, em Campo Grande, de 3 a 6 de setembro, reunindo odontologia, veterinária e medicina para discutir sobre o tema.

Homeopatia 219 anos

No próximo sábado (21), a Homeopatia no Brasil comemora 219 anos de especialidade médica e, em Mato Grosso do Sul, o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) está realizando tratamento em animais considerados em estado crítico.

No Estado, a medicina homeopática chegou em 1980 com José Roberto Campos Souza e hoje conta com uma média de 40 médicos especializados, além de atendimentos no Centro de Especialidades Medicas (CEM) pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e um Centro Homeopático em Dourados que foi o 1º do Brasil.

Na área acadêmica a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul oferece a oportunidade de residência e cadeira optativa aos alunos do 2º semestre de Medicina.

Banner Whatsapp Desktop
Cornavirus
agecom - fullbanner