24 de março de 2019 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campanhas Institucionais -  Banner - Educação Volta as Aulas
ENERGIA

Calor faz consumo de energia atingir pico e Concen faz alerta

Ainda de acordo com a Energisa-MS, no mês de dezembro o maior consumo de energia se deu no período da tarde, sendo seu máximo por volta das 15h

11 janeiro 2019 - 12h00Da redação com informações da assessoria
Parece pouco mas esta diferença equivale ao consumo mensal de uma cidade do porte de Corumbá, com 110 mil habitantes, menciona em nota
"Parece pouco mas esta diferença equivale ao consumo mensal de uma cidade do porte de Corumbá, com 110 mil habitantes", menciona em nota - Foto: Divulgação/Ilustração

Em dezembro o consumo de energia elétrica em Mato Grosso do Sul atingiu pico entre os 74 municípios atendidos na área de concessão da Energisa-MS. Segundo a concessionária, o crescimento foi de 5% quando comparado com o mês de dezembro de 2017. "Parece pouco mas esta diferença equivale ao consumo mensal de uma cidade do porte de Corumbá, com 110 mil habitantes", menciona em nota.

"Vamos seguir até março com temperaturas mais elevadas e é importante que o consumidor leve em consideração que não temos valor a maior pela tarifa verde, mas é preciso ficar atento ao uso dos equipamentos que demandam mais energia, como condicionador de ar", alerta a presidente do Concen (Conselho de Consumidores da Área de Concessão da Energisa-MS), Rosimeire Costa. 
É preciso estar atento aos equipamentos. Uma geladeira de duas portas, ligada o dia todo, consome, em média, 56 kwh no mês, enquanto a de uma porta consome 39 kwh. Já um ar condicionado Split de 15 a 20 BTUs tem consumo médio de 293 kwh em um mês, quando ligado 8 horas por dia.
Conforme a nota da Energisa-MS, o salto no consumo é creditado ao aumento na temperatura média em torno de 4% (fonte CPTEC/INPE), fazendo com que aparelhos de ar condicionado ficassem ligados por mais tempo, bem como equipamentos de refrigeração como freezers, geladeiras, câmeras frias.
 
Ainda de acordo com a Energisa-MS, no mês de dezembro o maior consumo de energia se deu no período da tarde, sendo seu máximo por volta das 15h, coincidindo com necessidade de uma maior utilização dos equipamentos de refrigeração nos comércios e nas residências, o que é bem típico de meses de verão.
 

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você considera que o uso da internet em excesso esteja incentivando os jovens a cometerem suicídio?

Votar
Resultados
IPVA
Camara.ms