21 de maio de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BANNER TCE - Sistema E- Contas (21 a 25/05)
GERAL

Beija-Flor tem patrono condenado; Tuiuti foi acusada por morte

Já o Tuiuti foi responsabilizado pelo acidente de 2017 que matou uma radialista na Sapucaí - quatro integrantes da escola foram indiciados

15 fevereiro 2018 - 06h36
O patriarca da escola de Nilópolis é Aniz Abraão David, o Anísio, apontado como um dos cabeças do jogo do bicho no Rio desde a década de 1960, condenado em 2012 por formação de quadrilha
O patriarca da escola de Nilópolis é Aniz Abraão David, o Anísio, apontado como um dos cabeças do jogo do bicho no Rio desde a década de 1960, condenado em 2012 por formação de quadrilha - Foto: Estadão

Elogiadas pelo público e consagradas pelos jurados por seus enredos críticos em 2018, tanto a Beija-Flor quanto o Paraíso do Tuiuti têm dirigentes envolvidos em controvérsias. O patriarca da escola de Nilópolis é Aniz Abraão David, o Anísio, apontado como um dos cabeças do jogo do bicho no Rio desde a década de 1960, condenado em 2012 por formação de quadrilha.

Já o Tuiuti foi responsabilizado pelo acidente de 2017 que matou uma radialista na Sapucaí - quatro integrantes da escola foram indiciados. Aos 80 anos, Anísio recorre em liberdade. O contraventor foi apontado como um dos chefes da suposta organização criminosa conhecida como Clube Barão de Drummond. Seria um tribunal informal responsável por julgar os que exploram jogo ilegal.

A 6ª Vara Criminal Federal do Rio o sentenciou a 48 anos de prisão. O bicheiro já havia sido preso em 1993. Cumpriu 3 anos. Anísio está com bens bloqueados pela Justiça. Ele nega as acusações.

Já a tragédia envolvendo o Tuiuti marcou o carnaval de 2017. Um carro desgovernado atingiu as grades da arquibancada do Setor Um, e esmagou a radialista Elizabeth Ferreira. Outras 20 pessoas se feriram. Quatro pessoas foram indiciadas por crime culposo (sem intenção): o motorista, dois diretores e um engenheiro. Na época, a escola atribuiu o acidente a uma fatalidade. 

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

A PM que rendeu um bandido e evitou que ele ferisse crianças e mães à saída de uma escola em Suzano, interior de SP, foi homenageada pelo governador de SP. Você concorda com a homenagem?

Votar
Resultados
CAMPANHA TJMS_NUPEMC - CORTESIA
TJ MS
MUDOU O JEITO - SEGOV - SAUDE