22 de setembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
HVM - INCORPORACOES
INTERNACIONAL

Ativista russo com sintomas de envenenamento é transferido para Berlim

16 setembro 2018 - 08h06

O ativista Piotr Verzilov,  da banda de punk rock russa Pussy Riot, foi transferido para Berlim (Alemanha) para ser tratado do suposto envenenamento de que foi vítima. Ele estava internado há cinco dias em um hospital de Moscou, segundo a imprensa alemã. Verzilov ficou internacionalmente conhecido ao protestar, durante a Copa do Mundo da Rússia, contra o governo de Vladimir Putin.

De acordo com a imprensa internacional, o jovem recupera a consciência e saiu da Unidade de Terapia Intensiva. O governo russo não se manifestou sobre o episódio.

Verzilov foi transferido de Moscou para Berlim em uma aeronave ambulância e é atendido por especialistas.

Caso

Verzilov é um dos quatro ativistas do Pussy Riot que entraram no campo do estádio Luzhniki durante a final da Copa do Mundo da Rússia e um dos editores da plataforma independente de notícias Mediazona.

Após esta ação, foi detido junto com os outros membros de seu grupo, que há alguns dias informou por meio de sua conta na rede social Facebook que ele estava "em estado crítico" na Unidade de Toxicologia do Hospital Clínico Bakhrushin de Moscou.

Segundo relatou sua companheira, Veronika Nikulshina, Verzilov começou a se sentir mal pouco depois de uma audiência em um tribunal, após o que seu estado piorou rapidamente e foi levado ao hospital.

*Com informações da Agência EFE. 

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já tem seus candidatos para as eleições de 2018?

Votar
Resultados
CORTESIA SEGOV HEPATICE C
tj ms agosto