Grupo Feitosa de Comunicação
 Redação: +55 (67) 3317-7890
Sábado, 22 de Julho de 2017 | Desde 1980
CAMPANHA GOVERNO DO ESTADO - INCLUSÃO 15.07 até 02.08
SEGURANÇA PÚBLICA | Domingo, 16 de Julho de 2017 - 08:30

Capital registra queda de 29% nos roubos e furtos

O período coincide com o primeiro mês de funcionamento da frota de 102 novas viaturas entregues pelo Governo do Estado

 

Campo Grande registrou em junho deste ano queda de 29% nos roubos e furtos em relação ao mês anterior. O período coincide com o primeiro mês de funcionamento da frota de 102 novas viaturas entregues pelo Governo do Estado para reforçar o policiamento preventivo e ostensivo na Capital. Os veículos foram adquiridos por meio do Programa MS Mais Seguro e integram a maior entrega já feita às forças policiais do Estado.

Dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) apontam que a maior queda ocorreu nos casos de roubo, onde as vítimas são coagidas pelos assaltantes. A redução foi de 16,77% no último mês em relação a maio deste ano. Os casos de furto – onde não há coação, mas subtração de algum bem – também apresentaram redução, de 12,25% no período.

“A redução dos crimes se deve à presença ostensiva da Polícia na região central e nos bairros da Capital. É resultado da integração das forças de Polícia e à estrutura proveniente do Programa MS Mais Seguro que fortaleceu as estruturas da segurança pública. São fatores que têm contribuído para elucidação dos crimes e como fator inibidor de pessoas que eventualmente estejam querendo cometer delitos”, destacou o titular da Sejusp, José Carlos Barbosa.

Para a população, a diminuição desses crimes está relacionada justamente a esse conjunto de ações voltadas à segurança que inclui desde o acréscimo de viaturas à maior presença dos policiais, tanto no Centro quanto pelos bairros da cidade.

Os policiais que fazem monitoramento nas ruas acabam se tornando referência para a população, conta o Sargento da 5ª Companhia de Polícia Militar, Nelson Godoi.

“A presença da Polícia na rua inibe a criminalidade. Quando estamos em contato com a população cumprimos a função preventiva da PM e as pessoas passam a confiar mais na Polícia, conversam e até nos dão informações sobre crimes”, detalhou.

“Gosto de saber que eles estão nas ruas. Lá na minha vila na região do Caiçara também tenho visto mais viaturas e policiais”, confirma a aposentada Maria Leocília Nunes, de 57 anos.

Confiança

Nas ruas da Capital, a população conta já estar percebendo as mudanças, decorrentes dos investimentos em Segurança Pública. “Os assaltantes não vêm mais tanto para o Centro querendo roubar por causa da presença da Polícia aqui”, comemorou o vendedor Adriano Fontoura, de 28 anos.

Ele trabalha em uma loja de celulares na avenida Afonso Pena e detalha que o local teve de tomar uma série de providências para evitar furtos em épocas anteriores. “Os celulares todos têm alarme, a vitrine fica sempre fechada e nunca deixamos mais de um aparelho à disposição do cliente”. Os cuidados permanecem, mas aos poucos a sensação de 

segurança vai aumentando. “Víamos gente passando droga aqui durante o dia, agora já está bem tranquilo. Roubos e furtos não tenho nem visto”, detalhou.

“Não tenho visto mais esse tipo de problema, o que notei foi a quantidade de viaturas novas”, reforçou a vendedora de frutas Tatiane Katiuce, de 33 anos, que trabalha na esquina da rua 14 de Julho.

“Se os mal-intencionados não veem policial aqui eles aproveitam para roubar”, observou o pedreiro Wagner Melo Lopes, de 33 anos, sobre a importância da presença dos policiais pela cidade.

Daiana Camargo, de 19 anos, trabalha como entregadora de panfletos no Centro e conta que fica aliviada por saber que a Polícia Militar tem estado presente. “Quando vejo que tem uma viatura perto acho bem melhor”, confessa.

MS Mais Seguro

Fruto de planejamento estratégico do Governo do Estado por meio da Sejusp, o Programa MS Mais Seguro prevê investimentos de que deverão chegar a R$ 115 milhões em veículos, armamentos e equipamentos de segurança. Em sua 4ª etapa, o Programa já alcançou todos os municípios sul-mato-grossenses com mais de 600 viaturas e investimentos que somam R$ 76 milhões.

“Tínhamos o diagnóstico de que em cenários de crise naturalmente há aumento da criminalidade porque a crise econômica afeta profundamente e isso repercute, como temos visto no cenário nacional, com o aumento da criminalidade em todas as regiões”, explicou o secretário José Carlos Barbosa sobre o planejamento estratégico que deu início ao programa.

Antecipando-se a esse cenário, o governador Reinaldo Azambuja decidiu priorizar a segurança em todos os municípios de Mato Grosso do Sul. “Passamos a investir na proteção pessoal do policial com aquisição dos coletes, investimento em armas longas e munições, viaturas e cursos de formação para conceder promoções aos policiais”, explicou Barbosa. O esforço intensivo foi reunido no Programa denominado MS Mais Seguro. “Contamos com o apoio do Governo para investimentos mesmo com todas as dificuldades do momento de crise”, lembrou.

Os recursos permitiram presença intensiva da Polícia, com mais viaturas e efetivo, o que já tem se refletido na redução de diversos índices de criminalidade. “ O resultado disso começa a ser medido tanto pelos números quanto pela sensação de segurança, que é a percepção de segurança que a população sul-mato-grossense começa a ter”, afirmou o secretário.

Danúbia Burema – Subsecretaria de Comunicação (Subcom) e Regiane Ribeiro – Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)

Fotos: Edemir Rodrigues

Veja Também
Comentários
ShopCar
InfoImoveis