11 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BANNER TCE - Prazos Processuais (10/08 a 13/08)
ATENTADO

Após ataque, forças de segurança libertam 126 pessoas em hotel de Burkina Faso

Uma fonte das forças de segurança informou que houve, pelo menos, 22 mortos neste ataque.

16 janeiro 2016 - 09h57Agência Brasil
Soldados cercam hotel Splendid, após ataque da Al Qaeda. No total, 20 pessoas morreram e 126 foram regatadas
Soldados cercam hotel Splendid, após ataque da Al Qaeda. No total, 20 pessoas morreram e 126 foram regatadas - EPA/STR/Yempabou/Direitos Reservados
HVM

As forças de segurança de Burkina Faso cercaram um hotel em Ouadagoudou e libertaram 126 pessoas, informou o ministro do Interior, ao destacar ainda que um outro ataque ocorre num segundo hotel da região. 

“Cento e vinte e seis pessoas, das quais 33 feridas, foram libertadas. Três jihadistas, um árabe e dois africanos, foram mortos”, afirmou o ministro do Interior de Burkina Faso, Simon Comparoe. 

“Os ataques ao hotel Splendid e ao café-restaurante Cappucino [que fica em frente ao hotel] acabaram, mas um outro ataque está em curso no hotel Ybi”, situado ao lado do Cappuccino, disse o ministro. 

Uma fonte das forças de segurança informou que houve, pelo menos, 22 mortos neste ataque ao hotel Splendid e ao café restaurante Cappuccino. 

O presidente da França, François Hollande, condenou hoje (16) os ataques que começaram na noite de sexta-feira, em Ouagadougou. 

Num comunicado divulgado pelo Palácio do Eliseu, sede da Presidência francesa, Hollande manifestou o seu apoio ao povo e ao presidente de Burkina Faso, Christian Kaboré, e lembrou que as forças francesas colaboram com o país. 

O ataque foi reivindicado pela Al Qaeda do Magrebe Islâmico (AQMI), por meio de integrantes do grupo Al Murabitun, liderado pelo jihadista argelino Mokhtar Belmokhtar. 

 
 

Banner Whatsapp Desktop
OAB

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você é a favor do lockdown em Campo Grande?

Votar
Resultados
GAL COSTA
agecom - fullbanner
Cornavirus