05 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
CAMPANHA SEBRAE
CAMPANHA

Ações focam na prevenção do abuso sexual de crianças

O Projeto Nova realiza durante o mês de maio diversas ações com foco em crianças, adolescentes e adultos

11 maio 2017 - 14h30Da Redação
O símbolo da campanha é o tsuru, pássaro sagrado do Japão que representa sorte, saúde, longevidade e felicidade
O símbolo da campanha é o tsuru, pássaro sagrado do Japão que representa sorte, saúde, longevidade e felicidade - Divulgação

A cada oito minutos, uma criança é abusada sexualmente no Brasil, o que equivale a 180 casos por dia. O dado da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH) demonstra uma realidade que faz parte da vida de muitos meninos e meninas do país. Para chamar a atenção da população sobre a importância de proteger o direito destes pequenos cidadãos é que o Projeto Nova realiza durante o mês de maio diversas ações com foco em crianças, adolescentes e adultos.

O símbolo da campanha é o tsuru, pássaro sagrado do Japão que representa sorte, saúde, longevidade e felicidade. As aves de papel foram confeccionadas a partir de oficinas, sob a orientação da administradora Ligia Oizumi, dentro do projeto "Mil tsurus por um desejo”. Neste caso, a campanha visa o sonho de um mundo sem abuso.

Os origamis serão distribuídos no dia 13 de maio, (sábado), às 9h, durante intervenção cultural no centro de Campo Grande, no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua 14 de Julho e também na Rua 13 de maio em frente à Primeira Igreja Batista. Na programação, estão previstas também palestras em escolas da Capital (15 a 19 de maio), voltadas para pré-adolescentes e adolescentes e também a capacitação na prevenção, no dia 20 de maio, no auditório da Primeira Igreja Batista. Empresários locais também aderiram à campanha e adotam, durante todo o mês de maio, a cor laranja como símbolo e promovem a distribuição de panfletos para clientes e funcionários.

Uma outra ação voltada para adolescentes e adultos é o lançamento de 12 vídeos informativos, distribuídos pelas redes sociais. O material – de curta duração – traz entrevistas com vítimas, autoridades e oferece informações sobre como identificar o abuso, como proceder com a vítima e em caso de denúncias. Para encerrar as ações, no dia 26 de maio, está prevista uma exposição artística - fotos, poemas, desenhos e instalações, na Plataforma Cultural (antiga estarão ferroviária), em Campo Grande. O mês foi escolhido em função de 18 de maio, quando se celebra Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Projeto Nova - Criado em 2011, o Projeto Nova trabalha para promover qualidade de vida a pessoas sobreviventes do abuso e exploração sexual. Segundo a psicanalista e coordenadora do Projeto, Viviane Vaz, é preciso ter um olhar mais atento para as crianças. Um dado que chama a atenção é que 90% das profissionais do sexo atendidas pelo Projeto Nova foram vítimas de abuso sexual na infância e adolescência dentro da própria casa, ambiente que deveria oferecer proteção e segurança.

Depoimento: “Eu morava numa fazenda, minha mãe morreu de câncer e, quando eu tinha oito anos, um dos meus irmãos mais velhos me abusou. Fugi de casa e fui parar num abrigo. Depois de um tempo fui para a prostituição”. R. 39 anos, atendida pelo Projeto.