23 de Novembro de 2017 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - no período de 20/11 a 24/11
A VISÃO DO COMÉRCIO

ACICG agradece aos senadores e deputados que votaram a favor da reforma trabalhista

A entidade enxerga que a reforma tornará as relações de trabalho mais modernas, com melhorias para as empresas e seus colaboradores, e agradece o apoio recebido dos senadores e deputados de Mato Grosso Sul

14 Julho 2017 - 15h27Da Redação
No dia 2 de junho, os senadores Pedro Chaves e Waldemir Moka participaram da reunião de diretoria da ACICG com o intuito de esclarecer dúvidas dos empresários e pedir o apoio da classe à reforma
No dia 2 de junho, os senadores Pedro Chaves e Waldemir Moka participaram da reunião de diretoria da ACICG com o intuito de esclarecer dúvidas dos empresários e pedir o apoio da classe à reforma - Divulgação

Na luta pela retomada do desenvolvimento do País e atenta aos interesses da classe empresarial, a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) acompanha de perto o processo da reforma trabalhista no Brasil, e comemora sua sanção pela Presidência da República, ocorrida no último dia 13. A entidade enxerga que a reforma tornará as relações de trabalho mais modernas, com melhorias para as empresas e seus colaboradores, e agradece o apoio recebido dos senadores e deputados de Mato Grosso Sul.

Na visão da ACICG, entidade que representa mais de 6,5 mil empresas da Capital, a reforma trabalhista é necessária para regularizar algumas situações que já existem nas relações de trabalho, trazendo segurança jurídica e flexibilização para as categorias patronal e laboral.

“Queremos agradecer aos senadores Pedro Chaves, Simone Tebet e Waldemir Moka, e aos deputados Carlos Marun, Elizeu Dionizio, Geraldo Resende, Mandetta e Tereza Cristina, que atenderam o clamor dos empresários pela modernização das relações de trabalho. A classe e o povo têm sofrido com constantes aumentos de impostos, reoneração nas folhas de pagamentos, quedas nas vendas, e muitos estão beirando à falência. A aprovação da reforma trabalhista traz um novo fôlego e faz com que comecemos a enxergar a luz no fim do túnel”, afirma o presidente da ACICG, João Carlos Polidoro.

Batalha - Diretores Associação Comercial estiveram duas vezes em Brasília, entre os meses de maio e junho, articulando com líderes das bancadas do Senado para a aprovação da reforma trabalhista. “Nossa movimentação em Brasília agiu em defesa da necessidade de as reformas continuarem, sobretudo a trabalhista. O Brasil não pode parar em virtude da crise política. Precisamos criar um ambiente que permita o desenvolvimento dos negócios para gerar empregos, afinal, temos mais de 14 milhões de desempregados no Brasil esperando uma oportunidade”, explica o presidente da ACICG, João Carlos Polidoro.

No dia 2 de junho, os senadores Pedro Chaves e Waldemir Moka participaram da reunião de diretoria da ACICG com o intuito de esclarecer dúvidas dos empresários e pedir o apoio da classe à reforma. Na ocasião estiveram presentes representantes da Amas, Setlog, Corecon, Asmad e Sinpetro.

Sanção: O PLC 38/2017 que trata a reforma trabalhista foi aprovado pelo Senado no dia 12 de julho, e sancionado pelo presidente Michel Temer no dia 13. As novas regras entram em vigor daqui a quatro meses, conforme previsto na nova legislação. 

CORTESIA 1 - SEGOV - PRÉ MATRICULA
CORTESIA - CAMARA MUNICIPAL CGR