25 de junho de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
- SEBRAE INSTITUCIONAL
TECNOLOGIA

2018 chegou e listamos 5 mitos sobre a tecnologia LED que você precisa esquecer

Há quase 140 anos, o inventor norte-americano, Thomas Edison, revolucionou a história ao criar a primeira lâmpada incandescente comercializável

14 março 2018 - 11h40Da Redação
A pesar da evolução, elas seguiram emitindo mais calor do que luz e, desde julho de 2017, não são mais permitidas no Brasil
A pesar da evolução, elas seguiram emitindo mais calor do que luz e, desde julho de 2017, não são mais permitidas no Brasil - Divulgação

 Há quase 140 anos, o inventor norte-americano, Thomas Edison, revolucionou a história ao criar a primeira lâmpada incandescente comercializável. Apesar da evolução, elas seguiram emitindo mais calor do que luz e, desde julho de 2017, não são mais permitidas no Brasil, com exceção das lâmpadas halógenas, que possuem um processo químico diferente das incandescentes convencionais.

Produzidas com a tecnologia mais moderna do mercado, as lâmpadas LED (Light Emitting Diode) se tornaram a primeira opção de compra de muita gente não só pelo baixo consumo de energia, mas também por sua eficiência e durabilidade. Porém, ainda existem alguns mitos sobre o tema que a Brilia, pioneira no desenvolvimento e distribuição de produtos de iluminação LED no Brasil, quer que você esqueça de uma vez por todas.

As lâmpadas LED requerem adaptadores

MITO: As lâmpadas comuns tipo Bulbo possuem soquete no padrão brasileiro E27 – típico da antiga lâmpada incandescente. A Brilia já têm disponibilizado no mercado lâmpadas LED que se encaixam em soquetes, como os das antigas incandescentes ou mesmo fluorescentes, sem nenhum tipo de adaptação, dispensando, na substituição de fluorescentes, inclusive o uso do reator eletrônico.

LED não tem boa iluminação

MITO: Você precisa esquecer isso! As lâmpadas LED têm o mesmo poder de iluminação de qualquer lâmpada fluorescente, consumindo metade da energia! Para não errar no momento na compra da sua lâmpada, basta verificar a quantidade de lúmens (lm) – fluxo luminoso - na embalagem.

Essas lâmpadas não podem ser dimerizadas

MITO: Existem muitos modelos de lâmpadas Brilia LED que são fabricados para serem dimerizáveis, possibilitando a alteração dos níveis de iluminação dos ambientes da sua casa de acordo com a sua vontade. Você só precisa ter um dimer adequado para poder usufruir das mesmas vantagens das antigas lâmpadas incandescentes, só que gastando muito menos.

As lâmpadas LED não queimam

MITO: Elas só queimam se houver um aumento de temperatura ou uma sobretensão. Em condições normais, a intensidade luminosa da lâmpada de LED vai diminuindo com o tempo, podendo até chegar a não emitir mais luz. O tempo de vida útil dela fica em torno de 20 a 40 mil horas, porém, você só irá perceber que a luz está diminuindo após cerca de 30 mil horas de uso.

O descarte é muito complicado

MITO: Ao contrário das lâmpadas fluorescentes, que contém mercúrio em sua composição, as lâmpadas LED não possuem nenhum metal pesado, portanto, não agridem o meio ambiente. Você não deve esquecer essa informação porque 98% dos materiais que compõem a lâmpada LED são recicláveis. Apesar do Brasil ainda não possuir reciclagem específica desse tipo de lâmpada, procure locais que aceitem outros tipos de lâmpadas. Eles darão o destino correto para elas.

Informações sobre os produtos Brilia, acesse o site ou mande e-mail para sac@brilia.com

Sobre a Brilia

Pioneira no desenvolvimento e comercialização de lâmpadas, fitas e acessórios LED no Brasil, a Brilia acredita que "Luz Muda Tudo" e investe para oferecer soluções que coloquem cada vez mais o poder transformador da luz nas mãos das pessoas. Com mais de 5 mil pontos de venda pelo Brasil, a empresa oferece soluções completas e inteligentes para projetos de iluminação.

Sediada em São Paulo, a empresa possui uma área dedicada ao design e desenvolvimento de produtos e conta com um moderno centro logístico em Itajaí, além de subsidiária própria na Ásia, responsável pela gestão da cadeia de suprimentos e controle de qualidade. Considerada uma das principais marcas no setor de iluminação nacional, a Brilia é fornecedora oficial, desde 2015, da CASACOR, maior mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas e faz parte do seleto grupo das B Corps, um movimento global de empresas que associam o crescimento econômico à geração de benefícios para a sociedade e o planeta.

TJ MS
ALMS CORTESIA