19 de outubro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
CAMPANHA SEGOV - HPV -
ESPORTE

Valentim é apresentado no Botafogo e agradece indicação do amigo Cuca

Ocupou o cargo por 11 jogos e foi demitido ao término do Campeonato Brasileiro

14 fevereiro 2018 - 14h25
Valentim acertou o vínculo de dois anos com o Botafogo
Valentim acertou o vínculo de dois anos com o Botafogo - Foto: Vitor Silva / SSPRess

O Botafogo apresentou nesta quarta-feira seu novo treinador: Alberto Valentim, de 42 anos. Na coletiva de imprensa realizada no estádio do Engenhão, o presidente Nelson Mufarrej admitiu que ele não era o primeiro da lista para assumir o comando do time. Mas ao menos teve o aval do técnico Cuca, o primeiro da lista e que não aceitou o convite.

"Entramos em contato com ele (Cuca), mas infelizmente ele não pôde vir. Também sairia do nosso orçamento. Com isso, fomos buscando com muito cuidado e análise outros treinadores. O Cuca, quando soube que estávamos voltados para o Alberto, avalizou a contratação", afirmou o mandatário.

Valentim foi auxiliar no Palmeiras na temporada passada e chegou a ser efetivado como técnico do time alviverde após a demissão de Cuca. Ocupou o cargo por 11 jogos e foi demitido ao término do Campeonato Brasileiro. A outra experiência como treinador também foi curta. Ficou por 12 jogos à frente do Red Bull Brasil.

"Agradeci por telefone às pessoas que citaram meu nome e contribuíram para minha vinda para cá. Cuca é um amigo, um cara com quem fizemos uma parceria maravilhosa no Palmeiras e sou muito grato a ele", afirmou o treinador.

Valentim acertou o vínculo de dois anos com o Botafogo. Seu contrato vai até dezembro de 2019. Ele chega para substituir Felipe Conceição, ex-auxiliar de Jair Ventura que fora efetivado com um contrato de três anos.

Foi, contudo, demitido depois de sete partidas - com duas vitórias, três empates e duas derrotas - e eliminações na primeira fase da Copa do Brasil, frente à Aparecidense-GO, e na semifinal da Taça Guanabara, para o Flamengo.

"Quando soube do interesse do Botafogo, sabia que definiria meu futuro em poucas horas. Se tratando de um grande clube, sabia que não teria problema nenhum. Era só acertar alguns detalhes do contrato. O Botafogo é um clube de tradição enorme e não podia deixar escapar essa chance", afirmou Valentim.

ESQUEÇAM A COPA DO BRASIL - Uma das primeiras coisas que Valentim pediu na entrevista foi para não tocar mais no assunto das recentes eliminações. "A partir de agora não se fala mais em Copa do Brasil, mas nos campeonatos que vamos disputar. Precisamos melhorar e recuperar esse primeiro turno (do Carioca) que foi perdido", prosseguiu.

Ex-lateral com passagens por Atlético Paranaense, São Paulo, Cruzeiro e Udinese, Valentim estagiou no futebol italiano como gerente esportivo. Depois, ao voltar para o Brasil, foi auxiliar de Atlético Paranaense e Palmeiras.

Agora, afirmou já ter conversado com integrantes da comissão técnica, mas disse que é cedo para falar sobre como vai colocar o time em campo. Valentim chega ao clube junto com o auxiliar Fernando Miranda, de 37 anos, e que já trabalhou ao lado de treinadores como Tite, Vanderlei Luxemburgo, Muricy Ramalho e Luiz Felipe Scolari.

Valentim afirmou que vai aproveitar as duas próximas semanas de treinamentos para encontrar a melhor formação de olho no duelo contra o Nova Iguaçu, no dia 22, pela primeira rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

"É um grupo novo. Conversando com integrantes da comissão técnica, deu para saber que vamos conseguir ajustar bem. Eles vão entender o mais rápido possível. Eu com Fernando vamos estudar essa semana para a gente procurar ver o que temos que melhorar e repetir as coisas boas", finalizou.

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você é a favor de punição para quem compartilha fake news?

Votar
Resultados
FullBanner - Campanha do TJMS – SEMANA NACIONAL DA RECONCILIAÇÃO