13 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
assembleia respeito
ESPORTE

Único piloto de MS no Rally dos Sertões 2017 quer superar desafios e chegar à final, em Bonito

14 maio 2017 - 06h00
comper

Campo Grande (MS) – O piloto sul-mato-grossense Marcello Freitas vem acelerando fundo em competições nacionais para adquirir experiência e correr no Rally dos Sertões 2017 – disputa de maior destaque da categoria. A pouco mais de três meses para a largada da edição histórica de 25 anos do Rally, Marcello tem na mente dois claros objetivos: superar os desafios da mente e do corpo para chegar à última etapa da competição.

A prova terá início em Goiânia (GO) e encerramento em Bonito, entre os dias 19 e 26 de agosto. Serão 2.793 quilômetros de aventura, que cortará os estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Com 24 anos, Marcello é estreante na maior disputa off road do Brasil. Mas para chegar até a final, ele contará com o conhecimento do amazonense Breno Ferreira, de 28 anos, que será o navegador da dupla.

“Estamos disputando provas mais curtas, como o Campeonato Brasileiro de Rali Baja, desde o ano passado. A intenção é adquirir experiências e ir conhecendo o carro, preparando e adaptando ele para o Sertões”, contou. O piloto, da equipe Pantanal Racing, que homenageia Mato Grosso do Sul, vai disputar na categoria UTV do Rally.

Nesta semana, ele acelerou o motor do carro na Fazenda Água Viva, em Campo Grande. Depois de manobras radicais e muita velocidade na pista de sete quilômetros, Marcello comentou sobre as expectativas para a competição. “Somos a primeira equipe sul-mato-grossense a participar do Rally. É um marco, e poder correr dentro de casa vai ser muito bom. Estamos nos preparando e acreditando que vai dar tudo certo”, afirmou.

Para ele, o principal desafio será a superação dos próprios limites. “Podemos ficar de quatro a 10 horas dentro do carro, na mesma posição, então o preparo físico e mental é muito importante. O Sertões é desafio do começo ao fim, mas vamos trabalhar para largar todos os dias e completar todas as etapas”, falou.

Responsável pela navegação, Breno Ferreira revelou que o percurso da prova só é divulgado uma noite antes da largada. “Por isso é costume a gente virar a noite marcando planilha no GPS, olhando cada passo e configurando o carro para cada tipo de terreno, que é diversificado. Uma hora de barro duro, outra no areião, subindo serra, atravessando rio”, exemplificou.

A adrenalina será uma constante, e na avaliação do navegador um dos maiores desafios será o psicológico. “Vão ser sete dias de competição, mais um de prólogo. Quem não está preparado já pede para sair no quarto dia. Todos os dias são de sol muito forte e sem tomar água. Vamos planejar, passar 50 horas juntos, finalizar cada etapa para parar na rampa de chegada lá em Bonito”, prometeu.

Rally dos Sertões

Este ano, o Rally dos Sertões tem sete etapas – três delas em Mato Grosso do Sul. Os competidores sairão de Goiânia (GO) e passarão pelas cidades de Goianésia (GO), Santa Terezinha de Goiás (GO), Aruanã (GO), Barra do Garças (MT), Coxim, Aquidauana para finalizar a prova em Bonito. A Em território sul-mato-grossense a competição conta com apoio de coordenação do Governo do Estado.

Estimativa da Dunas Race, idealizadora do Rally dos Sertões, é que 1,2 mil pessoas, entre pilotos e familiares, estejam em Bonito no encerramento da competição. Na organização do evento atuam ainda outras 1,7 mil pessoas, entre funcionários e voluntários.

Confira a programação do Rally dos Sertões – 25 anos 

16/08/2017
Abertura Área de Box no Autódromo Internacional de Goiânia.

17/08/2017
Vistorias Administrativas e Técnicas no Autódromo Internacional de Goiânia.

18/08/2017
Vistorias Administrativas e Técnicas no Autódromo Internacional de Goiânia.

19/08/2017
Prólogo e Largada Promocional.

20/08/2017
1ª Etapa
Goiânia (GO) – Goianésia (GO)
Deslocamento Inicial – 120 km
Especial (trecho cronometrado) – 310 km
Deslocamento final – 130 km
Total do dia – 560 km

21/08/2017
2ª Etapa
Goianésia (GO) – Santa Terezinha de Goiás (GO)
Deslocamento Inicial – 54 km
Especial (trecho cronometrado) – 272 km
Deslocamento final -3 km
Total  do dia – 329 km

22/08/2017
3ª Etapa
Santa Terezinha de Goiás (GO) – Aruanã (GO)
Deslocamento Inicial – 1 km
Especial (trecho cronometrado) – 270 km
Deslocamento final – 15 km
Total do dia – 286 km

23/08/2017
4ª Etapa
Aruanã (GO) – Barra do Garças (MT)
Deslocamento Inicial – 120 km
Especial (trecho cronometrado) – 240 km
Deslocamento final – 70 km
Total do dia – 430 km

24/08/2017
5ª Etapa
Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)
Deslocamento Inicial – 42 km
Especial (trecho cronometrado) – 260 km
Deslocamento final – 130 km
Total do dia – 432 km

25/08/2017
6ª Etapa
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
Deslocamento Inicial – 56 km
Especial (trecho cronometrado) – 240 km
Deslocamento final – 30 km
Total do dia – 326 km

26/08/2017
7ª e última etapa
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
Deslocamento Inicial – 120 km
Especial (trecho cronometrado) – 230 km
Deslocamento final – 80 km
Total do dia – 430 km

Percurso total do Rally dos Sertões – 2.793 km
Especiais (trechos cronometrados) – 1.822 km (65,23%)
Cerimônia de Premiação

Bruno Chaves – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Fotos: Divulgação 

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - VUON /Vinhos (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Como você pretende gastar o seu saque emergencial do FGTS?

Votar
Resultados
COMPER Delivery (interna)
Cornavirus
tj ms