03 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Conquistas PMCG
ESPORTE

Roberto, da Chapecoense, recebe alta após quatro dias internado por coronavírus

O anúncio foi feito pelo clube catarinense

16 julho 2020 - 10h58
Roberto postou a foto no domingo
Roberto postou a foto no domingo - (Foto: Reprodução)
HVM

O meia Roberto, da Chapecoense, recebeu alta do hospital, nesta quint/a-feira, depois de ser internado no domingo por apresentar sintomas do coronavírus, como falta de ar e tosse. O anúncio foi feito pelo clube catarinense.

O atleta, de 30 anos, foi diagnosticado com a covid-19, após exames realizados no dia 7 na sede da Chapecoense, que apontaram 14 casos positivos. A informação foi da Vigilância Sanitária de Santa Catarina, após o cancelamento do jogo da equipe de Chapecó com o Avaí, sábado, pelas quartas de final do campeonato estadual.

No domingo, dia da internação, o atleta, de 30 anos, postou nas redes sociais uma foto, que tinha como legenda a frase "maior desafio da vida". O jogador recebeu suplementação de oxigênio e medicação antes de seu quadro ficar estável. Ele não apresenta sintomas há três dias, mas ficará isolado em sua casa até que um novo teste aponte resultado negativo e esteja totalmente recuperado.

Na segunda-feira, atletas, comissão técnica e funcionários do clube passaram pela sétima testagem para a covid-19. "A decisão que foi tomada para realizar esta nova bateria de testes, veio de uma reunião do departamento médico junto com a diretoria e presidência do clube. Achamos necessário que todos os atletas envolvidos neste momento e que estão negativos, fossem testados novamente", disse o médico Fabiano Winckler.

"Vamos continuar o monitoramento destes atletas diariamente, tanto os positivos quanto os negativos, de maneira de inquérito epidemiológico. As pessoas envolvidas diretamente com o futebol profissional da Chapecoense serão avaliadas também de maneira rotineira através do inquérito", afirmou o especialista.

O clube afirmou também que banhos não serão mais permitidos nos vestiários do centro de treinamento e ambientes externos serão usados apenas em casos de necessidades. A ideia é melhorar o fluxo de atividades.

Na quarta-feira, o presidente admitiu falhas dentro do clube. "Sempre cumprimos o protocolo, possivelmente tivemos falhas. Temos que pensar que os jogadores ao chegar no clube eles seguem o protocolo, mas após o treino, a pessoa tem sua vida, tem sua casa, embora recebam os procedimentos, aconteceu. Estamos conscientes e crentes que vamos continuar seguindo o protocolo", falou o dirigente à CBN/Diário.

ESTADUAL - O Governo de Santa Catarina decretou nova paralisação do Campeonato Catarinense por 14 dias, muito pelo alto número de pessoas contaminadas na Chapecoense.

A Federação Catarinense divulgou a nova tabela das quartas de final. A Chapecoense tem jogo previsto para 29 de julho, contra o Avaí, pelo duelo de volta, na Ressacada, em Florianópolis. O time de Chapecó venceu na ida, na Arena Condá, por 2 a 0 e poderá até perder por um gol de diferença para avançar à semifinal.

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
GAL COSTA
Cornavirus
agecom - fullbanner