24 de Outubro de 2017 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
AO VIVO Acompanhe a transmissão do jornal GIRO ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Transmitido simultaneamente para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação
ESPORTE

Mano despista sobre permanência no Cruzeiro em 2018: 'Não falarei publicamente'

13 Outubro 2017 - 12h19

Depois de mais de dez dias afastado para realizar um tratamento na pele, o técnico Mano Menezes voltou ao trabalho na Toca da Raposa II nesta sexta-feira. E logo de cara, foi escalado para enfrentar os repórteres na entrevista coletiva e responder sobre seu futuro no Cruzeiro. Mas o treinador se esquivou e evitou definir os rumos de sua carreira a partir de 2018.

"Não vou falar sobre esse assunto publicamente. Isso são coisas que se decidem no local certo. Minha preferência é sentar com o Cruzeiro e conversar sobre coisas importantes para a condução de um trabalho na temporada seguinte, onde aumentam as expectativas, nossos objetivos", declarou.

Mano tem contrato com o Cruzeiro somente até o fim deste ano e pareceu desagradado com a crise política no clube que gerou diversas trocas na diretoria nas últimas semanas. Por isso, e pelo seu afastamento, as conversas sobre a renovação contratual ainda não foram iniciadas, mas há rumores de que o acordo para sua permanência é improvável.

"Foi dado um regime de urgência para tratar isso (renovação) sem necessidade. O que é urgente no Cruzeiro é comemorar o título da Copa do Brasil, é uma conquista importante, recente. Urgente é aproveitar o bom momento que a equipe vem atravessando no Campeonato Brasileiro, nas primeiras colocações, jogando um futebol que todos queriam ver, sendo que ainda pode melhorar", desconversou.

Incomodado com a questão, Mano preferiu celebrar o bom momento do Cruzeiro na temporada. O título da Copa do Brasil embalou a equipe no Campeonato Brasileiro, no qual não perde há dois meses. O histórico recente favorável já coloca o time mineiro na terceira colocação, a 11 pontos do líder Corinthians, e por mais que evite falar em título, o treinador celeste pediu que a atitude seja a mesma para a sequência da competição.

"O Cruzeiro só foi capaz de construir essas vitórias porque vive esse momento na temporada de crescimento e é bom terminar o ano assim. Vamos aproveitar e ir atrás das vitórias, mesmo porque valoriza o Campeonato Brasileiro e valoriza o título que acabamos de conquistar", considerou.

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Nas últimas semanas, episódios artísticos foram censurados com o argumento de pedofilia envolvendo crianças, em Campo Grande e em São Paulo. Como você avalia?

59%
40%
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA  - CORTESIA
SEGOV MS - CAMPANHA DOACAO DE ORGAOS