17 de Dezembro de 2017 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TRANSPARENCIA SEGOV - 13.12 ATÉ 21.12
ESPORTE

Cruzeiro bate o Grêmio em Porto Alegre e assume vice-liderança provisória

11 Outubro 2017 - 22h40

Grêmio e Cruzeiro se enfrentaram nesta quarta-feira à noite em Porto Alegre em um confronto direto pela vice-liderança do Campeonato Brasileiro, mas poucas vezes um duelo desta importância foi tão esvaziado. Com ambos os lados tendo dificuldade de focar na competição, o jogo foi bastante morno, mas Rafael Sóbis aproveitou um contra-ataque para dar a vitória ao time mineiro por 1 a 0, diante de menos de 10 mil torcedores na Arena.

O resultado levou o embalado Cruzeiro a 47 pontos, mesmo número do Santos, que ainda atua na rodada, mas com dois jogos a mais. Resta saber se o time mineiro terá força e cabeça para lutar pelo Brasileirão até o fim mesmo já tendo conquistado a Copa do Brasil. O próximo compromisso pela competição será na quarta-feira que vem, contra o Coritiba, no Couto Pereira.

Já o Grêmio parece minguar a cada rodada na luta pelo título brasileiro e focar exclusivamente na briga pelo título da Libertadores. Com a derrota desta quarta, parou nos 46 pontos, já na quarta colocação e a 12 do líder Corinthians. Curiosamente, na próxima rodada, domingo, encara justamente o Coritiba, também no Couto Pereira.

Com duas equipes desfalcadas e sem a mesma motivação de antes, o confronto desta quarta foi bastante fraco tecnicamente. O Grêmio até tentou mais, mas sentiu falta de nomes como Luan, Michel e Ramiro. Em um contra-ataque, então, o ex-colorado Rafael Sóbis aproveitou a chance para marcar diante de seu antigo rival e definir o resultado.

O JOGO - O início até iludiu o torcedor, que viu bons lances de ambos os lados nos primeiros minutos. Aos nove, Alisson aproveitou cochilo da defesa gremista após chutão para frente e exigiu grande defesa de Marcelo Grohe. A resposta veio aos 13, com Fernandinho, que ficou com a sobra após passe errado de Edílson e encheu o pé, mas isolou.

Só que ficou mesmo só na ilusão. O Grêmio até tentava um pouco mais, mas até por sentir os desfalques, encontrava muita dificuldade para penetrar na defesa adversária. O garoto Jean Pyerre, fazendo sua primeira partida profissional como titular, era o mais esforçado, mas apenas isso.

Somente quando o segundo tempo começou, a partida ganhou em emoção. Apenas um pouco, é verdade, mas as entradas de Everton e de Patrick pelo lado gremista foram suficientes para tornar a equipe um pouco mais incisiva. O primeiro bom momento, porém, foi de Arroyo, que bateu falta com categoria pela esquerda e viu Rafael voar para fazer grande defesa.

O Grêmio foi crescendo, ganhando o campo de ataque e encurralando o Cruzeiro. Aos 19 minutos, após boa tabela com Barrios, Fernandinho finalizou de direita e jogou por cima. Aos 22, Rafael voltou a aparecer para impedir a abertura do placar. Edílson cruzou da direita e Everton chegou batendo à queima-roupa, mas o goleiro cruzeirense caiu e fez uma incrível defesa.

O Grêmio se animava e era cada vez mais ofensivo, mas, com isso, deixava espaços para o contra-ataque. E bastou o Cruzeiro encaixar um para surpreender o adversário. Aos 23 minutos, Thiago Neves aproveitou o espaço no lado direito da defesa gremista, avançou e encontrou passe perfeito para Rafael Sóbis. O atacante teve calma para escolher o canto e bater na saída de Grohe.

A partir do gol, o Grêmio foi ainda mais ofensivo, mas igualmente mais desorganizado. Sentindo a falta de suas principais peças ofensivas, tentava na base da insistência, das jogadas aéreas, mas via o Cruzeiro ser mais perigoso nos contra-ataques. Com certo controle, então, o time mineiro segurou a vantagem até o apito final.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 0 X 1 CRUZEIRO

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jailson, Arthur (Beto da Silva) e Jean Pyerre (Patrick); Fernandinho, Arroyo (Everton) e Lucas Barrios. Técnico: Renato Gaúcho.

CRUZEIRO - Rafael; Ezequiel, Digão, Manoel e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson (Lucas Romero), Alisson (Rafael Marques), Rafinha e Thiago Neves; Rafael Sóbis (Élber). Técnico: Mano Menezes.

GOL - Rafael Sóbis, aos 23 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Batista Raposo (DF).

CARTÃO AMARELO - Não houve.

RENDA - R$ 234.055,00.

PÚBLICO - 7.851 pagantes (9.217 presentes).

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

O assunto mais comentado recentemente foi o discurso do deputado federal Tiririca, que disse que deixaria a vida pública mas que não renunciou ao mandato e permanece até final de 2018. O que você achou?

Votar
Resultados
BANNER SANESUL - INSTITUCIONAL - de 26.10 ate 31.10
CORTESIA - CAMARA MUNICIPAL CGR
BANNER DENGUE - MOSQUITO - CORTESIA