19 de março de 2019 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
aguas Guariroba -  Banner - Campanha Março - Obras 2019
ESPORTE

Com brilho De Gea, Manchester United bate Tottenham e vence 5ª seguida no Inglês

13 janeiro 2019 - 16h03

Com atuação impecável do goleiro De Gea, toque de classe de Pogba e eficiência de Rashford, o Manchester United derrotou o Tottenham neste domingo por 1 a 0 em Wembley e emplacou uma série de cinco vitórias consecutivas no Campeonato Inglês e seis por diferentes competições.

Após a demissão de Mourinho, o United se encontrou e não perdeu mais. Com o quinto resultado positivo na sequência, o time do técnico Solskjaer, que ocupa a sexta posição, foi aos 41 pontos e encostou no Arsenal, que tem a mesma pontuação, mas aparece à frente por ter saldo de gols superior (14 contra 12).

Ao Tottenham a lamentação cabe pela boa atuação em campo, insuficiente, porém, para vencer De Gea, e também pelo fato de que desperdiçou, com o revés, a chance de assumir a segunda posição, mesmo que provisoriamente, já que o Manchester City, dono do posto, ainda joga na rodada contra Wolverhampton, na segunda-feira. O time londrino soma 48 pontos e volta a ver o Chelsea, que tem um pontos a menos, mais de perto.

Com um repertório amplo, De Gea protagonizou uma das maiores atuações de um goleiro em uma só partida nos últimos tempos. Finalização de Dele Alli dentro da área defendida com os pés, desvio de Alderweireld na primeira trave também bloqueado com os pés, defesas em cabeceio e pancada de Kane da entrada da área, cabeceio de Dele Alli que contou com "voo" e plasticidade para ser parado foram os principais lances do goleiro espanhol, que saiu nos braços dos companheiros ao final da partida.

Se embaixo da meta De Gea foi monstruoso, nas quatro linhas, Pogba, mais uma vez, foi o líder que do qual a equipe careceu quando estava sob o comando de Mourinho, com quem o francês não tinha boa relação e, por isso, amargou muitas vezes o banco de reservas. Pogba tomou conta do meio de campo, de modo que quase todas as jogadas passavam pelo seus pés.

O meia francês deu o lançamento para o bonito gol de Rashford, anotado no final da primeira etapa, e quase balançou as redes em duas oportunidades. Em ambas - uma finalização de primeira da entrada da área e uma quase da pequena área - parou no goleiro Lloris.

Embalado, o Manchester United voltará a jogar pelo Inglês no sábado, quando receberá o Brighton. No dia seguinte, o Tottenham vai tentar se reabilitar contra o Fulham, fora de casa.

DENGUE