23 de outubro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
CAMPANHA SEGOV - HPV -
ESPORTE

Brasil conquista duas medalhas de prata na etapa de Moscou do vôlei de praia

12 agosto 2018 - 14h37

O vôlei de praia brasileiro conquistou neste domingo duas medalhas de prata na etapa de Moscou, na Rússia, do Circuito Mundial. No torneio de nível quatro estrelas da temporada, Ágatha e Duda perderam na final da chave feminina - mas garantiram o terceiro pódio em 2018 - e Alison e André caíram na decisão entre os homens.

Na decisão das mulheres, Ágatha e Duda foram superadas por Summer Ross e Sara Hughes, dos Estados Unidos, por 2 sets a 1 (21/19, 12/21 e 15/12). O ouro foi o primeiro título da dupla norte-americana, que é treinada pelo brasileiro ex-jogador Loyola, no Circuito Mundial.

Após a final, a sergipana Duda, de apenas 20 anos, valorizou a conquista. "Estou muito feliz de estar mais uma vez no pódio. É gratificante saber o quanto de aprendizagem cada torneio nos traz, e estar entre as melhores é consequência desta evolução. Estou muito orgulhosa do nosso time, estamos trabalhando muito para irmos bem em cada competição", contou.

E a dedicação ao trabalho da equipe de Ágatha e Duda colheu ainda mais frutos, já que a dupla está entre as melhores da temporada e irá representar o Brasil na próxima semana no World Tour Finals, em Hamburgo, na Alemanha, em competição que reúne as 10 melhores duplas da temporada em cada naipe. Além das duas, Maria Elisa e Carol Solberg também participarão do evento.

Já entre os homens, Alison e André enfrentaram a forte dupla Aleksandrs Samoilovs e Janis Smedins, da Letônia. Os europeus, que foram campeões em Espinho (Portugal), no mês passado, e vice-campeões europeus, levaram a melhor por 2 sets a 0 (21/18 e 21/13).

Esta é a primeira medalha do Circuito Mundial da dupla formada pelos capixabas Alison e André. Os dois jogadores já acostumados a títulos no âmbito internacional, inclusive de campeonatos mundiais, formaram a parceria há pouco mais de dois meses e pela primeira vez subiram no pódio juntos.

"Após a primeira sequência de eventos do Circuito Mundial, tivemos duas semanas para treinarmos em casa e neste período conseguimos corrigir algumas coisas e melhorar nosso entrosamento. E neste torneio na Rússia soubemos lidar melhor com as dificuldades nos jogos. Mostramos mais volume e evolução. Conseguimos jogar com competitividade e conquistamos nossa primeira medalha, que mostra como estamos avançando. Ainda temos muito o que evoluir, mas estamos na trilha certa", contou André.

Evandro e Vítor Felipe também entraram em ação neste domingo na busca do bronze. No entanto, a dupla formada pelo carioca e pelo paraibano acabou superada por Velichko/Stoyanovksiy, da Rússia, por 2 sets a 0 (21/12 e 21/10).

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você é a favor de punição para quem compartilha fake news?

Votar
Resultados
FullBanner - Campanha do TJMS – SEMANA NACIONAL DA RECONCILIAÇÃO