18 de Novembro de 2017 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
REFIS GOVERNO PRESENTE 2 - DE 16.11 ATE 22.11
ESPORTE

Austrália bate Honduras por 3 a 1 e fatura a penúltima vaga na Copa do Mundo

15 Novembro 2017 - 08h29

A Austrália venceu a Honduras por 3 a 1, nesta quarta-feira, em Sydney, e conquistou a penúltima vaga em aberto para a Copa do Mundo de 2018. Com o triunfo, a seleção australiana se tornou o 31º país confirmado no Mundial que será realizado na Rússia, onde a nação vai disputar pela quinta vez uma edição da principal competição do futebol do planeta.

Esse foi o jogo de volta da repescagem mundial das Eliminatórias, sendo que no duelo de ida deste mata-mata, realizado na semana passada, o representante da Concacaf ficou no 0 a 0 com a Austrália, em solo hondurenho, antes da nação da Oceania que é filiado à Confederação Asiática de Futebol vencer em solo australiano.

Depois de um primeiro tempo de poucas emoções, a Austrália só conseguiu abrir o placar do duelo desta quarta-feira no segundo tempo. E o grande nome do jogo acabou sendo o capitão da seleção da casa, o meio-campista Mile Jedinak. Ele começou a pavimentar o caminho para o triunfo do seu país ao cobrar falta da meia-lua, aos 9 minutos, e ver Henry Figueroa tentar fazer o corte, mas cabecear a bola para as próprias redes, marcando contra.

Pouco depois, aos 27 minutos, a Austrália chegou ao segundo por meio de um gol de pênalti, assinado após Bryan Acosta tocar com a mão na bola dentro da grande área. Jedinak foi para a bola e bateu no canto direito baixo do goleiro Donis Escober para deixar a Austrália ainda mais perto de garantir sua vaga na Copa.

E a certeza da conquista de um lugar no Mundial veio ao 40 minutos desta etapa final, quando Jedinak voltou a marcar por meio de uma cobrança de penalidade, desta vez sofrido por Robbie Kruse em falta cometida por Jerry Palacios. O meia foi para a bola e bateu no meio do gol, enquanto Escober caiu para o seu canto direito.

No finalzinho, Alberth Elis descontou o placar para Honduras, mas já era tarde demais para buscar qualquer reação. A essa hora, os cerca de 75 mil torcedores que encheram o estádio ANZ, em Sydney, já faziam a festa.

O Mundial de 2018 conta agora com 31 seleções classificadas. Além da Dinamarca, estão confirmados Egito, Nigéria, Senegal, Marrocos, Tunísia, Rússia (país-sede), Brasil, Bélgica, Inglaterra, França, Alemanha, Islândia, Polônia, Portugal, Sérvia, Espanha, Argentina, Colômbia, Uruguai, Costa Rica, Panamá, México, Irã, Japão, Coreia do Sul, Arábia Saudita, Croácia, Suécia e Suíça, estas três últimas também garantidas na repescagem europeia.

A última vaga na Copa de 2018 será definida no início da madrugada desta quinta-feira, a partir de 0h15 (de Brasília), quando o Peru enfrenta a Nova Zelândia, em Lima, no duelo de volta da repescagem entre os dois países. Na partida de ida, em Wellington, as duas seleções empataram por 0 a 0.

Águas Guariroba - PI e Banner - Campanha Orgulho - Melhores Empresas - de 23.10 até
AUTORIZAÇÃO E MATERIAL DO GOVERNO DO ESTADO - refis - de 25.10 a 31.10