02 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
assembleia respeito
ESPORTE

Acordo por Clayson envolve venda de dois atacantes do Corinthians à Ponte

15 maio 2017 - 15h55

Corinthians e Ponte Preta acertam na tarde desta segunda-feira os últimos detalhes da negociação pelo atacante Clayson. O acordo envolve uma quantia financeira - cerca de R$ 4 milhões - e os atacantes Claudinho e Léo Artur, que serão vendidos em definitivo para o time de Campinas. O Corinthians, no entanto, vai manter uma porcentagem dos direitos econômicos da dupla.

Clayson passará por exames médicos na terça-feira e, se não ocorrer qualquer problema de ordem médica ou jurídica, a assinatura do contrato válido por quatro temporadas ocorrerá entre terça e quarta-feira. No Corinthians, o negócio é dado como 90% certo. A Ponte Preta detém 40% dos direitos econômicos do atacante, enquanto os 60% restantes pertencem ao Ituano.

Eleito revelação do Campeonato Paulista, Clayson chega para reforçar o setor ofensivo do time de Fábio Carille. O treinador conta hoje com Romero, Léo Jabá e Clayton nas pontas. Escalado para a estreia da Ponte Preta no Campeonato Brasileiro, o atacante brilhou na "despedida" com dois gols na vitória sobre o Sport por 4 a 0, no Moisés Lucarelli.

Com a saída de Clayson e a ida de William Pottker para o Internacional, a Ponte Preta tem a reposição de peças no ataque como prioridade. Sem espaço no Corinthians, Claudinho foi emprestado ao Santo André no Campeonato Paulista. Já Léo Artur vestiu a camisa do Audax e voltou a treinar com o time alvinegro, mas não será aproveitado por Carille. Assim, ambos chegam para suprir a carência da equipe de Gilson Kleina.

A negociação entre Corinthians e Ponte Preta por Clayson teve início há cerca de dois meses, mas a tratativa foi interrompida devido à possibilidade de confronto entre as equipes na reta final do Campeonato Paulista. As conversas foram retomadas na última segunda-feira e as bases do contrato foram delineadas em uma reunião na sexta da semana passada.