13 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Banner Senar MS - Paisagens Rurais (10/08 a 20/08)
AO VIVO Acompanhe a transmissão do jornal GIRO ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Transmitido simultaneamente para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação
ROCK IN RIO 2017

20 milhões de brasileiros querem ir ao Rock in Rio em 2017

Número foi revelado em pesquisa realizada pelo Ibope neste mês de dezembro

22 dezembro 2015 - 19h00DA REDAÇÃO
FAMASUL - SENAR

Pesquisa realizada pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) neste mês de dezembro, revelou que o Rock in Rio não apenas é o maior festival  do país para a opinião pública, como também apresentou um número impressionante: 20 milhões de brasileiros têm a intenção de participar da próxima edição do Rock in Rio, em 2017. Segundo os dados apresentados, 10% dos entrevistados tem intenção alta ou muito alta de ir ao festival no Rio de Janeiro. 
 A amostra, nacional e com  2 mil entrevistas, é semelhante a que o Ibope aplica para pesquisas de popularidade do Governo Federal. A pesquisa não seguiu o perfil do público alvo Rock in Rio e entrevistou pessoas que não estão apenas nos centros urbanos, nem nas praças em que o Rock in Rio tem comunicação mais intense, mas no país como um todo. O trabalho reflete a totalidade da população brasileira com uma margem de confiabilidade de 95%, com margem de erro de 2% para mais ou para menos.
 Na mesma pesquisa, quando perguntados sobre qual o maior festival de música do Brasil, o Rock in Rio recebeu 45% das menções. Já os demais festivais, juntos, somaram apenas 33%.
 Nas redes sociais, Rock in Rio está entre os mais citados do ano no Facebook e no Google
 Na retrospectiva do ano em que completou suas três décadas, o assunto Rock in Rio também esteve entre os mais citados das redes sociais. No facebook, o festival foi a maior fonte de notícia positiva em 2015. O evento aparece em sétimo colocado, atrás de Dilma Roussef, Lula, Escândalo da Petrobras, Cristiano Araújo, Jorge & Mateus e Aécio Neves. Já no Google, é o oitavo mais pesquisado durante todo 2015. 

 Além disso, o festival é o maior em número de seguidores nas redes sociais e vem quebrando seus próprios recordes de audiência. Está a frente dos principais eventos de música do mundo. São mais de 12 milhões de seguidores. 

 E, entre as novidades do ano para os fãs do evento, em 2015, pela primeira vez, o Rock in Rio foi transmitido via internet para a China, país que tem restrição de conteúdos e onde marcas como Google e Youtube não têm penetração. Em um local onde a marca do festival não é trabalhada, a transmissão da edição brasileira rendeu mais de 13 milhões de visualizações.
 Os números do Rock in Rio impressionam
Com 30 anos de história, o Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo por uma série de razões. Das 16 edições já realizadas, seis ocorreram no Brasil (1985, 1991, 2001, 2011, 2013 e 2015), seis em Portugal (2004, 2006, 2008, 2010, 2012 e 2014), três na Espanha (2008, 2010 e 2012) e uma nos Estados Unidos (2015).

 Combinando todas as edições já realizadas, mais de 8,2 milhões de pessoas já participaram do evento. Em termos de atrações, somando-se as edições brasileiras, portuguesas, espanholas e americana, mais de 1.500 atrações musicais se apresentaram nos palcos do Rock in Rio, com um total de quase 1.300 horas de música, com transmissão para mais de 1 bilhão de telespectadores em todo o mundo, pela TV e Internet.

 Ao longo dos anos, mais de R$1.5 bilhão foram investidos na marca.  Além disso, mais de R$70 milhões foram investidos em projetos sociais e ambientais. Mais do que os índices de audiência e de investimentos significativos, o Rock in Rio tem ajudado na economia dos lugares visitados: mais de 173,5 mil postos de trabalho foram gerados ao longo dos últimos 30 anos. Na edição de 2015,  pesquisa realizada pela Riotur apontou que o festival foi a motivação exclusiva da vinda de 88,5% dos visitantes à cidade.

Banner Whatsapp Desktop
Cornavirus
agecom - fullbanner