09 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Saraiva de Rezende - SR Construtora
AO VIVO Acompanhe a transmissão do jornal GIRO ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Transmitido simultaneamente para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação
ECONOMIA

Taxa de desemprego fica em 12,9% no trimestre até maio, revela IBGE

O resultado ficou perto da mediana das estimativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast

30 junho 2020 - 09h05
A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.460,00 no trimestre encerrado em maio.
A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.460,00 no trimestre encerrado em maio. - (Foto: Arquivo/ Diário do Nordeste)
comper

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 12,9% no trimestre encerrado em maio, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta terça-feira, 30, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado ficou perto da mediana das estimativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, do sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, calculada em 13%, e dentro do intervalo entre 12,3% e 14,8%.

Em igual período de 2019, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 12,3%. No trimestre até abril de 2020, a taxa de desocupação estava em 12,6%.

A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.460,00 no trimestre encerrado em maio. O resultado representa alta de 4,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. A massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 206,623 bilhões no trimestre até maio, queda de 2,8% ante igual período do ano anterior.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você é a favor do veto do presidente Bolsonaro em relação ao uso obrigatório de máscaras respiratórias em locais como igrejas, comércio, escolas e presídios?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - 5º verde (interno)
tj ms
ALMS